21 setembro 2012

“Você pode descobrir mais sobre uma pessoa em uma hora de brincadeira do que em um ano de conversa.” Platão

@-“O estudo anual de tendências da imprensa mundial feito pela Associação Mundial de Jornais e Editores de Notícias revelou que mais de 2,5 milhões de pessoas em todo o mundo leem versões impressas de jornais, informou o site Clases de Periodismo. A pesquisa também ressaltou a "falta de intensidade" no consumo de notícias, o que se refletiu na receita publicitária registrada pelos jornais. Segundo o estudo, as receitas digitais ainda não cobrem as perdas trazidas pelas versões impressas, já que apenas 2.2% da receita mundial veio da publicidade feita em plataformas digitais. 2,5 milhões de pessoas do mundo todo leem versões impressas de jornais atualmente. No entanto, esse é um número pequeno se comparado aos 600 milhões de cidadãos que leem versões digitais.” Portal IMPRENSA


@-Só para Constar: 

@-Frase “FHC” da Sambu: “Não reconhecer os avanços que o país obteve nos últimos dez anos é uma tentativa menor de reescrever a história. O passado deve nos servir de contraponto, de lição, de visão crítica, não de ressentimento. Aprendi com os erros e, principalmente, com os acertos de todas as administrações que me antecederam. Mas governo com os olhos no futuro.” Dilma Rousseff, Presidenta da República Federativa do Brasil

@-“O Supremo Tribunal Federal (STF) manteve a obrigatoriedade do horário de transmissão do programa A Voz do Brasil pelas rádios, das 19 às 20 horas, de segunda a sexta-feira. A decisão foi tomada ontem (17) pelo ministro Antonio Dias Toffoli, que acolheu o pedido da União e considerou legal a determinação do horário. Ele aplicou o entendimento da Corte de que a Lei 4.117/62, que institui o Código Brasileiro de Telecomunicações (CBT), sustenta a obrigatoriedade, que já constava de uma decisão antiga do STF.” Blog do Miro

@-Um selinho...

@-“O Supremo Tribunal Federal (STF) decidiu manter a obrigatoriedade da transmissão do programa A Voz do Brasil pelas emissoras de rádio do país entre as 19h e 20h, de segunda a sexta-feira. A decisão é do ministro Dias Toffoli, que acolheu recurso da União e considerou a legalidade na obrigação das empresas de radiodifusão retransmitir diariamente o programa em horário nobre. Com uma hora de duração, o programa A Voz do Brasil está no ar há mais de 70 anos.”  Claudiohumberto.com.br

@-Penúltima: charge do Bessinha: 

@-Frase “Até Quando” da Sambu: "... em que momento homens e mulheres - sob o manto da liberdade e de igualdade - vão desfrutar da abundância e dos confortos que o capitalismo oferece em seu desatinado desenvolvimento?( ...) A resposta esperançosa à Pergunta ao Futuro depende crucialmente da capacidade de mobilização democrática e radical dos Deserdados, os perdedores na liça da concorrência global. Desgraçadamente, no momento em que escrevo este artigo, os espaços de informação e de formação da consciência política e coletiva são ocupados por aparatos comprometidos com a força dos mais fortes e controlados pela hegemonia das banalidades. Desconfio que o mundo não padeça apenas sofrimentos de uma crise periódica do capitalismo, mas, sim, as dores de um desarranjo nas engrenagens que sustentam a vida civilizada, sob o olhar perplexo e impotente das vítimas"  Luiz Gonzaga Belluzzo, Valor

@-Deu no Facebook:


@-“A Globo vem perdendo audiência com a mudança que fez em sua programação matinal, informou a Folha de S. Paulo. No dia 25 de junho, o programa "Encontro com Fátima Bernardes" estreou na emissora, ocupando o horário do "TV Globinho". No dia 25 de junho, o programa "Encontro com Fátima Bernardes" estreou na emissora ocupando o horário do "TV Globinho". A média de audiência da emissora entre maio e junho, das 7h ao meio-dia, foi de 6,9 pontos. Em julho, esse número caiu para 6,3 pontos. No mês passado, a média foi de 6,1 pontos. Segundo a coluna Outro Canal, da Folha, essa queda da audiência está relacionada ao programa de Fátima, que tem tido um mau desempenho.” PortalIMPRENSA

@-“Numa última cartada eleitoral para tentar garantir sua passagem ao segundo turno, Serra fez um acordo com o Palmeiras, seu time do coração. E foi só ele transferir sua rejeição ao time que os efeitos já foram sentidos na órbita palestrina. Felipão foi o primeiro a acusar o golpe e se mandou. “Já aguentei desfalques, venda de jogador, contusões, até a turma do amendoim eu já aguentei, mas a rejeição do Serra eu não aguento”, disparou o agora ex-treinador alviverde.” Do site, Trágico e Cômico

@-‘’Última: charge do Bessinha

Nenhum comentário: