02 setembro 2012

Ser independente da opinião pública é a primeira condição formal para realizar qualquer coisa grandiosa ou racional, tanto na vida como na ciência. Com o tempo, este feito será seguramente reconhecido pela opinião pública, que na altura conveniente o transformará em mais um dos seus preconceitos. Georg Hegel

@-Frase “’E o PIG” da Sambu: "Há uma espécie de acordo para não botar em pauta a convocação do Policarpo Júnior, apesar de todos os indícios apontados em mais de 73 gravações da Polícia Federal que mostram a relação direta com o crime organizado do Carlos Cachoeira em diálogos não republicanos”, Deputado Jilmar Tatto (PT-SP)


@-Frase “Caminho” da Sambu: “Esse caminho, que é responsável pela construção de um grande mercado interno, que é um grande demandador de produtos plásticos, porque o PIB pode ser lido também pela importância que tem a indústria de plásticos na medida em que ela está em vários segmentos industriais e também que ela faz parte dos bens de consumo duráveis, semiduráveis que a população, quando a renda aumenta, demanda.” Dilma Rousseff, na inauguração de uma fábrica de PVC em Alagoas

@-Só para constar: edição da "Forbes" com as mais poderosas tem Dilma na capa

@-Tirinha de Colunista: “O destempero de Joaquim Barbosa, o histórico de Gilmar Mendes, a pressa para Cézar Peluso poder votar, a omissão de todos os demais – tudo isso contribui para que o Brasil assista, atônito, o festival de vaidade e loucura que se instalou no STF a partir do julgamento do “mensalão”. A decisão de “fatiar” o julgamento, tomada sem base legal alguma, a partir do voluntarismo do ministro relator e também para se adequar à sanha da mídia, levou os advogados a apresentar, agora de manhã, uma petição ao tribunal para que, enfim, se esclareça em que tipo de Estado de Direito estamos vivendo, afinal. Já passou da hora de se rever os métodos de indicação e permanência dos ministros do STF, muitos dos quais indicados apenas por questões políticas, boa parte sem o conhecimento jurídico e a capacidade formal para atuar como juíz.” Leandro Fortes, CartaCapital

@-Frase “Histórica” da Sambu: “O juiz não deve ter medo das críticas, porque vota ou julga de acordo com sua consciência e de acordo com as leis. Não pode se pautar pela opinião pública ou a opinião publicada” Ministro do STF Ricardo Lewandowski

@-Tirinha de Colunista: “O Conversa Afiada não acredita em pesquisa brasileira pré-eleitoral. Trata-se de uma indústria duopolizada, em que os dois “líderes” têm vínculos genéticos com o Golpe do PiG (*): a Datafalha e o Globope. Trata das pesquisas para se divertir com com quem as leva a sério. É o caso dos colonistas (**) pigais. Já que é assim, eles, um braço armado do tucanismo paulista, deveriam sugerir ao PSDB de São Paulo sumir com o Cerra. Esconder na Ilha do Urubu. Não deixar ele aparecer nem no horário eleitoral. Quanto mais ele aparece, mais é rejeitado. Cerra é o Polifemo do tucanismo paulista. A elite da elite, como dizia a Veja, é odiada. O “mais consistente”, como dizia a colonista (**) da Folha … Pelo menos é o que se deduz da Folha (***) -  outro cíclope local – na pág. A7: “Já a rejeição a Cerra continua ascendente. Em junho ele liderava (sic) por esse critério com 32%. Em julho, seu índice de rejeição subiu para 37%. Na pesquisa de ontem (esta segunda-feira – PHA), oscilou (sic) mais um ponto para cima e chegou a 38%.” Ele é um jênio ! Como se percebe, não basta controlar o PiG (*). Já foi tempo.” Paulo Henrique Amorim, Conversa Afiada

@-Tirinha de colunista: “Paulo Preto dirá na CPI que sua  ética é a do Serra. O engenheiro Paulo Vieira de Souza, o “Paulo Preto”, revelou ontem a amigos que somente vai “elogiar” o ex-governador José Serra (PSDB), durante seu depoimento na CPI do Cachoeira, dia 29. “Afinal de contas somos como irmãos siameses”, diz, em tom enigmático. Homem de confiança dos esquemas de arrecadação de dinheiro para o tucanato, Paulo Preto antecipa que dirá na CPI: “Minha ética é a ética do Serra”. Claudio Humberto

@-Penúltima: charge do Bessinha


@-Frase “Longa” da Sambu: “(...) O “pensamento único” da chamada grande imprensa é bem mais extenso aqui do que em outros países de democracia madura. A esse aspecto acrescenta-se um partidarismo acentuado, unilateralmente antigovernamental, que contrasta com uma concepção da informação como serviço pluralista à cidadania. O governo brasileiro não pode ser isento de críticas, mas o mérito de ser um dos poucos no mundo que na última década conseguiram crescimento econômico e diminuição das desigualdades, deveria ser reconhecido em homenagem aos fatos.”  Claudio Bernabucci, CartaCapital

@-Juiz Brasileiro:

Do Conversa Afiada
@-Frase “Menino Maluquinho” da Sambu: “Se está provado nos autos um determinado fato, que deve levar a convicção da existência de outro fato, não é preciso indagar se a acusação fez ou não a comprovação do fato. Se esse fato está provado, a acusação não precisa fazer prova da existência de comportamento ilícito. O fato provado é o indício. Isso é importante por que no sistema processual, a eficácia dos indícios é a mesma das provas diretas e históricas representativas. Não existe nenhuma hierarquia entre as provas”. Cezar Peluso, Ministro da STF

@-Frase “Vênia” da Sambu: Com a devida vênia daquilo que o ministro Fux lançou em seu voto, a acusação é que tem que fazer prova. Não vamos inverter isso,  para que tenhamos essa garantia. A defesa não é obrigada a comprovar as suas versões. Essa é uma das maiores garantias que a humanidade alcançou. Estou debatendo não em relação ao caso concreto. Mas como premissa constitucional.” Dias Toffoli, Ministro do STF

@-Tirinha de Colunista: “O ex-presidente Lula recebeu informações de que sua aparição na TV para candidatos a prefeitos aliados já tem surtido efeito, e vai mirar agora capitais onde o PT disputa com o PSB. Sua aparição ajudou Haddad, em São Paulo, e Elmano Freitas, em Fortaleza, mostram os trackings. Lula e Dilma elegeram Fortaleza, Belo Horizonte e Recife como prioridades para ajudar o PT, contra a ascensão dos candidatos apadrinhados pelo governador Eduardo Campos (PE), potencial candidato ao Planalto em 2014.”  Leandro Mazzini Coluna Esplanada

@-Frase Estou farto” da Sambu: “Esse partido não tem apetite para disputar o poder. Perdendo três eleições seguidas (para presidente da República), acostumou-se com esse negócio de vice (segundo lugar). Estou farto.” Arthur Virgílio, candidato do PSDB a prefeito de Manaus

@-“A taxa de investimento no segundo trimestre de 2012 foi de 17,9% do PIB, inferior à taxa referente a igual período do ano passado (18,8%), segundo cálculo do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística, o IBGE.  Essa redução foi influenciada pela queda, em volume, da formação bruta de capital fixo no trimestre, uma vez que a taxa de poupança ficou em 16,9% no segundo trimestre de 2012 (ante 19,0% no mesmo trimestre de 2011).  Segundo o IBGE, o PIB em valores correntes, alcançou R$ 1,1 trilhões, sendo R$ 938,2 bilhões referentes ao valor adicionado a preços básicos e R$ 163,3 bilhões aos impostos sobre produtos líquidos de subsídios.” Abr.

@-“Nesta semana, o site Huffington Post lançou a plataforma HuffPost Labs, uma espécie de laboratório para experimentos jornalísticos, informou o site Jornalistas da Web. O portal já havia lançado um laboratório chamado de HuffPost Highlights, que reúne as frases mais populares de todo o conteúdo publicado pelo grupo Huffington. O novo projeto, porém, será uma área virtual focada em experimentos de fato.” Portal IMPRENSA

@-Última: charge do Bessinha


Nenhum comentário: