01 setembro 2010

“Quando alguém pergunta a um autor o que este quis dizer, é porque um dos dois é burro.” Mário Quintana

@-“A oposição errou e essa é a quarta razão para o sucesso de Dilma. A campanha do Serra está velha e antiga. Não tem novidade. O PSDB repete 2002 e 2006. Está transmitindo para o eleitor uma coisa envelhecida. Vejo um despreparo total. O PSDB está perdido, da mesma forma que o Lula ficou nas eleições de 1994 e 1998 contra o Plano Real. Na ocasião, ele não sabia se criticava ou se apoiava e perdeu duas eleições.” Presidente do Ibope, Carlos Augusto Montenegro

@-José Serra estava na frente, estava! O candidato tucano foi ultrapassado por Dilma no Espírito Santo, e o pior (ou melhor): Dilma tem o dobro das intenções de voto! Dilma 51%/Serra 25%. Acachapante!

@-Bateu o desespero no PSDB! Tucanos do “Núcleo Duro” tentam arrastar a mídia amiga paulistana para a tresloucada campanha anti-PT/Anti-Dilma, mas, contudo, porém.....a mídia amiga paulistana refugou, esta no limite....no limite da credibilidade!

@-Última Enquete: O PSDB é uma mídia com partido, um partido com mídia ou simplesmente, membro anguloso do PIG? /// Mídia com partido 10.4% /// Partido com mídia 9.5% /// Membro anguloso do PIG 13.8% /// Alternativas anteriores [todas!] 66.4%.

@-Marketing eleitoral ou jornalismo do Estadão.ão?
@-Thoreau: "Não é o que olhamos o que importa, é o que vemos".

@-Não, não é brincadeira! O comitê suprapartidário do PSDB no Rio Grande do Sul foi inaugurado 3 vezes, isso mesmo, três vezes!

@-Frase “Fazedora” da Sambu: “Ela é [Dilma] fazedora, é séria, honesta, competente. Não vai ficar escrava de partidos. É uma executiva e uma democrata, sabe ouvir.” Governo do Rio de Janeiro, Sérgio Cabral

@-Tirinha de Colunista! “Serra: ganhar não ganha, pode perder por menos. Há anos garanto que ele não ganha, e não ganha mesmo. Mas quem sabe ainda pode preservar o mínimo de autocomiseração? Basta não sair mais de casa. A cada vez que anda pelas ruas, aparece em lugares públicos, fica evidente sua falta de credibilidade. Frio, monótono, antipático, sem qualquer espécie de comunicação, é um desastre.” Helio Fernandes

@-“Com ao menos 20 pontos à frente do tucano José Serra nas últimas pesquisas eleitorais, a presidenciável Dilma Rousseff, da coligação Para o Brasil Seguir Mudando, vai selecionar mais suas próximas atividades e desencadear uma ofensiva sobre São Paulo. Para as últimas quatro semanas de campanha, já estão previstos cinco comícios de Dilma no estado — governado por Serra até abril e pelo PSDB há 16 anos. Entre as regiões propostas para a realização dos comícios, é certa a escolha da Grande São Paulo (Guarulhos), do interior (Campinas) e da capital. Os outros locais ainda estão sendo avaliados. Santos, São José dos Campos, Ribeirão Preto e outras regiões da capital também são estudados. De qualquer maneira, já está definido que o ato de encerramento de campanha acontecerá na Praça da Sé, em 25 de setembro, um sábado.” Vermelho.org

@-Tirinha de Colunista: “O clima no comitê central da campanha de José Serra (PSDB) em São Paulo mais parece o de uma funerária de madrugada. Quem passa por lá sai falando de sensação fúnebre, por causa dos resultados das últimas pesquisas de intenção de voto, que apontam a vitória de Dilma Rousseff (PT) no primeiro turno da eleição. Os tucanos, no entanto, não jogam a toalha, pelo menos, não oficialmente. Apostam que ainda há possibilidade de segundo turno. Contam com uma derrapada de Dilma. É, pode ser.” Eduardo Homem de Carvalho, SRDZ

@-Penúltima: charge do Humberto (A Charge Online)
@-“O Banco do Brasil tornou-se ontem a segunda instituição, além da Caixa Econômica Federal, a operar como agente financeiro do Fundo de Financiamento Estudantil (Fies), que concede crédito para que estudantes de baixa renda possam freqüentar cursos superiores em instituições particulares.” Brasília Confidencial

@-Tirinha de Jornal: “Há quase dois meses que correspondentes de jornais e de agências estrangeiras de notícias, estabelecidos por aqui, pedem uma entrevista coletiva a José Serra. Ontem e hoje, finalmente, dois desses correspondentes receberam a resposta do candidato. A jornalista Luíza Pastor, da assessoria de imprensa de Serra, informou que ele terá o maior prazer em conceder a entrevista - mas somente quando começar a campanha do segundo turno.” O Globo

@-“A produção industrial cresceu 0,40% em julho em relação a junho, informou nesta terça-feira o IBGE, acumulando no ano alta de 15%, resultado recorde para o período. Na comparação com julho do ano passado, a produção subiu 8,70%. Em julho, a indústria mostrou sinais de recuperação, após três meses em queda na comparação com mês anterior - embora as taxas de crescimento no nível de atividade operem em um ritmo mais lento do que o observado nos primeiros meses do ano. Estamos iniciando este terceiro trimestre em ritmo de crescimento, embora seja um ritmo menos intenso do que o observado anteriormente", analisou o economista do IBGE, André Macedo.” Monitor Mercantil

@-“O Banco Central (BC) terá de transferir cerca de R$ 9 bilhões ao Tesouro Nacional. A quantia corresponde ao lucro de R$ 10,8 bilhões da instituição no primeiro semestre, menos o custo de R$ 1,8 bilhão para manter as reservas internacionais no mesmo período. Os números constam do balanço do Banco Central, aprovado nesta quarta-feira pelo Conselho Monetário Nacional (CMN). De acordo com o diretor de Administração do BC, Anthero Meirelles, os resultados positivos decorrem da política adotada pelo banco para o controle da inflação. Por causa do aumento do compulsório (parcela que os bancos são obrigados a manter no Banco Central), o BC reduziu as despesas com títulos compromissados, que enxugam o excesso de dinheiro no mercado.” Monitor Mercantil

@-“A Medida Provisória 500 (MP 500) publicada hoje no Diário Oficial da União (DOU) pode facilitar a capitalização da Petrobras (PETR3, PETR4). Segundo o texto aprovado, a União está autorizada, igualmente mediante edição de Decreto Presidencial, a contratar a cessão da alocação prioritária de papéis em ofertas pública de distribuição de ações de sociedades de economia mista, ou a cessão do direito de preferência para a subscrição de ações em aumento de capital, desde que preservado o seu controle acionário; bem como autorizada a se abster de adquirir ações em aumentos de capital de empresas em que possua participação acionária, minoritária ou majoritária, desde que seja preservado o controle do capital votante, nos casos exigidos por lei.” Investimentos e Notícias

@-Última: charge do Besinha

Nenhum comentário: