09 fevereiro 2009

Frase da Sambu: “O tambor faz muito barulho mas é vazio por dentro”. Barão de Itararé

16/02/2009

-A mídia corporativa ficará histérica, o jornal Folha de São Paulo (órgão oficial da crise) minimizará ao máximo a boa notícia! Amaveis leitores, a classe C (classe média emergente) continua em expansão! O Centro de Políticas Sociais da FGV/RJ lançará na quarta-feira uma pesquisa onde aponta o crescimento da dita e, tem mais: classes abastadas também cresceram.

-E por falar em pesquisa! Segundo fontes Samburisticas (não confiem!), a imagem e a gestão do Presidente Eleito José Serra caiu consideravelmente perante o eleitorado paulista. A conferir

-Frase alvissareira da Sambu: "As concessões de crédito livre passaram a apresentar recuperação. Já voltamos a nos aproximar dos níveis pré-crise e já estamos um pouquinho acima dos níveis de setembro". Presidente do Banco Central, Henrique Meirelles

-A mídia corporativa escondeu um índice econômico fundamental para medir o tamanho da crise no Brasil! O Índice Nacional da Construção Civil, ou Sinapi, registrou alta de 0,39% em janeiro, ante alta de 0,62% em dezembro, segundo o IBGE. Em 12 meses, o índice acumula alta de 11,68%. A construção Civil é a coluna mestra de uma economia saudável, o setor emprega uma grande massa de trabalhadores e mostra a capacidade de um País em lidar ou não com uma crise econômica.

-Segundo a mídia corporativa: o DEM transformou-se no autentico partido da ética, da moral e dos bons costumes! AHAHAHAHAH

-Última Enquete: “Você concorda com o asilo político concedido pelo Governo brasileiro ao escritor italiano Cesare Battisti?” Sim: 86,89% /// Não: 13,11%.

-Pergunta da Sambu: a culpa (“causo” do castelo) é do PT ou de Lula?

-A briga entre o grupo (dissidentes) serrista do deputado Paulo Renato de Souza contra a réstia tucana envolveu FHC, de quem foi ministro da Educação, na barafunda da bancada tucana na Câmara. A briga entre os dois grupos esta sendo devidamente abafada pela mídia corporativa, mas não adianta, o imbróglio vai longe...

-Péssima notícia para a nossa imprensa tupiniquim, péssima! O número de brasileiros que acessam blogs cresceu a uma taxa superior a da expansão da internet em 2008, de acordo com dados do Ibope/Netratings. Este blogueiro registrou uma significativa alta de leitores em novembro de 2008, segundo o Ibope/Netratings, o mês foi o mais significativo para a blogosfera com 12,4 milhões de pessoas acessaram a blogosfera.

-E ainda por cima tem Conferência Nacional de Comunicação, “assim não da, assim não pode”! O presidente Luiz Inácio Lula da Silva confirmou a realização da I Conferência Nacional de Comunicação, era tudo que a mídia corporativa não queria ou não quer: debate e democratização da mídia. Lula! Lula!

-Penúltima: charge do Cláudio (Agora S. Paulo)

-“A balança comercial brasileira registrou na primeira semana de fevereiro (de 1º a 8) resultado positivo, com a diferença entre as exportações e importações de US$ 471 milhões. Foram vendidos ao exterior US$ 2,74 bilhões e as compras chegaram a US$ 2,26 bilhões.” Invertia

-“A Petrobras deve contratar em 2009 pelo menos seis novas plataformas de produção, além de preparar os pacotes de licitações de outras oito unidades que serão destinadas ao pré-sal e que devem ser construídas no dique seco do Rio Grande do Sul para entrarem em operação entre 2013 e 2017.” AE

-“O consumo de etanol no Brasil deverá crescer cerca de 150% nos próximos dez anos. A previsão é da Empresa de Pesquisa Energética (EPE) e consta do Plano Decenal de Expansão de Energia Elétrica (PDE 2008-2017), divulgado pela empresa. Assim, o volume consumido no país passaria dos 25,5 bilhões de litros no ano passado para 63,9 bilhões de litros em 2017.” DCI

-“O setor de franquias gerou 140.413 empregos diretos no Brasil em 2008, com expansão de 10,31% em relação ao ano anterior, de acordo com pesquisa realizada pela consultoria Rizzo Franchise. A empresa efetua estudos há mais de 20 anos sobre os resultados do setor no Brasil e na América Latina.” Gazeta Mercantil

-“Com investimentos superiores a R$ 103 milhões, a Vivo iniciou na última semana suas operações comerciais na Paraíba e em Alagoas. Os recursos foram destinados principalmente à consolidação da rede e da operação própria nestes estados. Dez novas cidades são cobertas, as quais têm uma estrutura de 293 colaboradores diretos e indiretos, 127 pontos- -de-venda e uma capilaridade de 27 mil pontos de recarga. A ampliação da cobertura para o Nordeste brasileiro teve início em outubro do ano passado, com a chegada em Pernambuco e no Ceará. O investimento acumulado do projeto supera a marca de R$ 308 milhões. Antes, a Vivo atuava com rede própria no Nordeste apenas no Sergipe e na Bahia.” DCI

Última: tirinha do André Dahmer (Malvados)

Nenhum comentário: