07 fevereiro 2008

@-Frase da Sambu: Minha obra toda badala assim: Brasileiros, chegou a hora de realizar o Brasil”. Mário de Andrade

07 a 10/02/2008

@-Irregularidades no cartão corporativo do Governo Federal são óbvias. A malversação do dinheiro público poderia ser apurada pelo CGU com tranqüilidade, pois se trata de pequenos saques, nada escandaloso como a mídia corporativa quer demonstrar, o dinheiro poderia ser restituído tranqüilamente e o controle aperfeiçoado sem oba-oba-siriguidum, infelizmente a mídia corporativa trata do assunto de forma politicóide e histerica, menospreza a inteligência do cidadão-contribuinte.

@-O suprimento de fundos (“conta B”) na triste era FHC pode se tornar uma dor de cabeça infernal ao PSDB & Afins, motivo? O fundo pode revelar abusos que fariam a “tapioca” corar! Será que o PSDB vai alegar falta de foco na CPI? O fundo não é do tempo dos cartões! A conferir

@-E agora mídia corporativa? Paginas em destaque na imprensa-partido-politico (codinome PIG): “...Entrega mais rápida e em maior número de cargos públicos a aliados do governo para abafar a CPI dos Cartões corporativos”. A CPI foi levantada rapidamente pelo Governo! E agora? Entregaram cargos?

@-Frase equilibrada da Sambu: "Hoje, os valores gastos com o cartão representam 30% do total do dinheiro usado, pois 70% são saques. Queremos inverter essa equação. Sou totalmente favorável ao cartão, pois ele é rastreável". Ministra-chefe da Casa Civil, Dilma Rousseff

@-Só no Brasil um Portal de Transparência administrativa é tratado de forma canhestra pela mídia corporativa, só no Brasil!

@-Pergunta ingênua da Sambu: na época o Ministério da Saúde administrado pelo atual Governador de São Paulo envolveu-se no “ Fundo B” de forma nada Republicana? É só uma perguntinha!

@-Cada tucano no seu galho I. Frase municipal da Sambu I: "Eu acho que o partido analisa e avalia sua estratégia em cada local. Eleição municipal é eleição municipal, não vamos perder isso de vista". Governador de São Paulo, José Serra.

@-Cada tucano no seu galho II. Frase municipal da Sambu II: "Acho que não podemos dar às eleições municipais um caráter maior do que elas têm. São eleições fundamentais, mas que se decidem nos municípios, em função das características políticas locais, nomes locais. Não vejo um link direto, por exemplo, das eleições municipais com eleição nacional". Governador de Minas, Aécio Neves.

@-Enquanto isso: Geraldo Alckmin continua peregrinando pelo Estado (São Paulo!) a cata de apoio.

@-Frase segura da Sambu: "Quando o presidente Bush esteve no Brasil, ele comeu um churrasco. E gostou. Se tivéssemos divulgado onde compramos a carne, a questão da segurança estaria prejudicada”. Ministro da Secretaria de Comunicação Social da Presidência da República, Franklin Martins.

@-Sobre a tirinha de cima: churrasco para Bush! CPI da Tapioca já!

@-“Levantamento da CGU - Controladoria-Geral da União - prova que enquanto em 2001 e 2002 (dois últimos anos de governo FHC) os gastos do governo federal com o pagamento destes cartões foram de R$ 213,6 milhões e R$ 233,2 milhões respectivamente, a partir de 2003, portanto desde o primeiro ano de gestão Lula, eles caíram para a média anual de R$ 143,5 milhões.” ABr

@-Frase Republicana da Sambu: "Se a Igreja quiser cuidar das almas que cuide, mas não da saúde pública". Prefeito do Recife, João Paulo

@-O Instituto Brasileiro de Pesquisa Social (IBPS), realizou uma pesquisa que apontou: 68,9% dos entrevistados apóiam o movimento de associações de moradores, movimento este que propõe o adiamento do pagamento do IPTU no Rio de Janeiro. O Prefeito César Maia e o seu DEM desapareceram do mapa político na Capital do Rio. Não precisa conferir.

@-Frase da Samnu: "Um número pequeno de casos de febre amarela silvestre foi tratado por alguns veículos como ameaça de epidemia. Isso é muito perigos. Ouvi gente no rádio, com irresponsabilidade brutal, questionando abertamente se o governo estava falando a verdade. A população, desorientada, se vacinou desnecessariamente." Ministro da Saúde, José Gomes Temporão

@-Penúltima: charge do Alecrim


@-Tirinha de colunista: “A Veja, como sempre deturpa os fatos e defende o Banco Societé Generale, jogando toda a culpa em cima do funcionário que teria feito operação de 7 bilhões de dólares "sem ninguém do banco saber". Como se fosse possível fazer isso com os controles que existem. E ainda compara o funcionário com Che Guevara, nada a ver. A Veja não resistiu ao conceito de Lenin, "de fundar um banco ou roubar um banco". Por causa disso a Veja empilha nas bancas”. Helio Fernandes / Tribuna da Imprensa

@-“Compradores de aparelhos que monitoram ligações ou fazem escutas telefônicas poderão ter seus dados entregues à Polícia Federal. A medida deverá ser analisada neste mês pelo Senado por conta de um projeto do senador Romeu Tuma (PTB-SP)”. Agência Senado

@-“Deflação. O sonho de qualquer consumidor já se tornou rotina na internet. Enquanto o comércio convencional registrou uma queda, nos últimos 12 meses, de 3,17% nos preços dos mesmos produtos vendidos no mundo virtual, o varejo online já comemora baixa de 13,07% no mesmo período. O consumidor da web, entretanto, poderia pagar ainda mais barato se não ocorresse nos últimos anos um fenômeno de virtualização do varejo real, com a entrada de empresas convencionais na rede mundial de computadores.” JB

@-“Os preços do álcool combustível mantiveram o ritmo de queda pela oitava semana consecutiva, pressionados pelos altos estoques do combustível em poder das usinas e da ampliação do prazo de moagem de cana nesta safra. O clima favorável na região produtora neste período permitiu que as usinas mantivessem por mais tempo a cana em pé nas lavouras, alongando o tempo para o processamento da matéria-prima. Normalmente, os trabalhos das usinas se encerram no mês de novembro de cada ano e o mercado deveria estar em plena entressafra. Com o alongamento dos trabalhos por causa do clima, duas usinas ainda seguem processando cana.” O Estado de São Paulo

@-“O presidente dos Correios, Carlos Henrique Custódio, anunciou lucro líquido de R$ 830 milhões, em 2007, da companhia, o maior de sua história. Por sua vez, o lucro operacional, obtido somente com atividade postal, atingiu R$ 329 milhões. Desde 2001 esse item não ficava positivo. O faturamento total no ano passado foi de R$ 10 bilhões.” AE

@-“O ciclo de expansão do crédito imobiliário no Brasil deve seguir em ritmo acelerado este ano, apesar das preocupações sobre uma recessão nos Estados Unidos e risco de contaminação mundial. Nas projeções dos bancos, não há espaço para pessimismo. A expectativa "conservadora" para este ano é emprestar, apenas com recursos da poupança, cerca de R$ 23 bilhões para a tão sonhada compra ou construção da casa própria - um aumento de 26% em relação aos R$ 18,3 bilhões do ano passado. Com os recursos do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS), linha de financiamento que só no fim do ano passado começou a ser operada também pelos bancos privados, esses valores devem aumentar ainda mais.” Agência Estado

@-Última: tirinha do André Dahmer (Malvados)


Nenhum comentário: