16 janeiro 2008

Frase da Sambu: "A tradição é a personalidade dos imbecis”. Albert Einstein

16,17/01/2008

@-Liberdade de imprensa é um bem inquestionável, irrevogável em qualquer situação! Mas o que fazer com a irresponsabilidade de um jornalista? O que fazer com o terrorismo explicito numa matéria? O que fazer com a desonestidade? O que fazer com a politização indecorosa e vil de um tema tão delicado como a febre amarela? Não leio mais textos equilibrados (raríssimos), justos e consistentes. A gritaria chegou a um nível insuportável. Dizem que um jornal tem um publico cativo e este cativo-acorrentado quer ler a estultice irresponsável, gosta, paga por isso, mas, como ficam leitores que não participam de torcidas? Como ficam leitores que simplesmente querem ler fatos sem versões politizadas, irresponsáveis e até com doses de terror, fatos com ângulos e não com visagens, como ficam? Não da mais para ler os jornalões, não da mais para ver o JN da TV! E agora? Criou-se um abismo entre o cidadão (aquele que não assina, que não paga!) e a grande imprensa. Antes o assinante-leitor-cidadão reproduzia o conteúdo (opinião pública! Desculpe: ahahah), hoje, este pequeníssimo grupo virou torcedor e só vocifera, vomita ódio e ninguém mais acredita, nem a empregada domestica com o primeiro grau incompleto, esta, é mais inteligente, um espírito livre. Existe um abismo na comunicação, ninguém acredita mais. Deu na folha? E daí! Deu na Globo? E daí! Deu no Estadão? E daí? Quanto lixo (literalmente lixo) foi escrito nos últimos anos pela mídia corporativa? Quanta matéria importante foi varrida para debaixo do tapete das redações?

@-Sobre a tirinha de cima: a jornalista Eliane Cantanhêde da Folha de S Paulo, ilustra bem o “a que ponto chegamos” da mídia corporativa. Leia a substância escrita por ela no caderno “Pensata” da Folha, e tire suas teses. O doutorado é deles! Leia, ::Aqui::

@-parte da mídia corporativa de forma torpe, desonesta e criminosa trata o assunto “febre amarela” como uma verdadeira epidemia. Utilizam o ciclo natural do aumento de casos entre (sete anos) macacos e por sua vez entre os seres humanos, para gerar o terror na população. Lamentável este vale-tudo da desacreditada mídia corporativa.

@-Esta chovendo a cântaros, ou a pícaro (infestam a mídia corporativa) nas Regiões sudeste e Centro Oeste, os reservatórios das hidroelétricas destas regiões aumentam pouco a pouco, e olhe que temos fevereiro e março inteirinhos pela frente e o suporte das termoelétricas para conferir. Talvez em 2010, oposição & CIA!

@-Frase rumorosa da Sambu: "Se os rumores sobre isso fossem verdade, o governo não estaria trabalhando para fazer cortes no orçamento. O governo não pretende enviar nenhum sucedâneo à CPMF. Não é idéia do governo". Ministro das Relações Institucionais, José Múcio

@-Só para constar: no final do glorioso, magnífico e portentoso governo FHC, a rede de linhões era de 66 mil quilômetros, quase a mesma do governo que antecedeu o Príncipe da Sociologia. A malha que transporta energia neste Pais esta próxima dos 100 mil quilômetros na era Lula.

@-Frase libertária da Sambu: "Nós não queremos contribuir para cercear a liberdade das pessoas quererem escolher o País onde vão morar, mas também não queremos criar nenhuma pirotecnia anticubana como de vez em quando se tenta criar no mundo". Presidente Lula

@-O apagão na baixada santista tem hora marcada no Governo tucano. Ainda estamos no inicio da segunda quinzena de janeiro e o apagão tucano na baixada, Capital e adjacências mal começou.

@-Sobre a tirinha de cima em termos, digamos, políticos: Geraldo Alckmin vai ser içado pelo partido para se candidatar a Prefeito de São Paulo depois das águas de março? O atual Prefeito da Capital paulista vai despencar nas pesquisas depois das águas de março? Precisa conferir?

@-Extra! Extra! Os EE.UU entraram na recessão recessiva, e daí! Amaveis leitores, só para amofinar os amofinados: o Brasil na triste era FHC vendia só para os americanos cerca de 34% [média] do total exportado pelo País. E hoje? Por volta dos 15%, e continua caindo...Vamos importar mais dos EE.UU, afinal são parceiros e estão precisando!

@-Penúltima: tirinha do Novaes (gazeta Mercantil)


@-Não deu no Jornal Nacional: “O município de Peruíbe, no litoral sul de São Paulo, está sem água desde domingo, devido a fortes chuvas. Segundo o responsável pela Defesa Civil, Luís Carlos de Oliveira, falta água inclusive nos alojamentos montados para abrigar cerca de 1,2 mil pessoas”. Portal Terra

@-Tirinha de Colunista: “Jô Soares já foi rifado, não passava de 5 ou 6 pontos de audiência. (A TV Globo, desligada, tem mais audiência do que isso). O Jô sempre tirava férias, deixava programas. Agora a própria Globo aumentou as férias dele e tirou o programa da grade. O Faustão e o "Fantástico", também com os mesmos dramas de público. O Faustão vive da estrelas da própria Globo, que são obrigadas a comparecer. Sem elas, o programa não existe ou desaparece.” Helio Fernandes / Tribuna da Imprensa

@-“Em fevereiro, a licitação para escolha das novas agências de publicidade do Governo do Estado de São Paulo será aberta. O edital lançado em dezembro de 2007 prevê a contratação de empresas que administraram R$88 milhões anuais previstos para investimentos em comunicação. A verba para essa nova licitação é R$46,6% maior que a destinada para ações de comunicação do governo estadual nos contratos anuais vigentes, renovados em junho de 2007 com as agencias Lua Branca (R$31,250 milhões) e DPZ (R$28,750 milhões), que totalizaram R$60 milhões. As duas detentoras da conta venceram a última licitação estadual, realizada em 2005 durante o governo Geraldo Alckimin (PSDB).” Revista Fórum

@-“O crescimento da produção industrial, o segmento de maior peso no cálculo do Produto Interno Bruto (PIB), a soma de todas as riqueza produzidas no país, foi revisado para 6% em 2007. A informação consta do boletim Focus divulgado pelo Banco Central, com resultados da pesquisa que o banco fez na última sexta-feira (11) com uma centena de analistas de mercado.” ABr

@-“As vendas reais na indústria subiram 6,8% em novembro do ano passado na comparação com igual período de 2006. Em relação a outubro de 2007, as vendas subiram 0,7% com o ajuste sazonal e caíram 1,9% sem esse ajuste. Os dados são da Confederação Nacional da Indústria (CNI). No acumulado de janeiro a novembro de 2007, ante igual período de 2006, as vendas subiram 5,1%. As horas trabalhadas na produção tiveram expansão de 3% em novembro ante novembro de 2006, mas caíram 0,5% na comparação com outubro pelo critério dessazonalizado e caíram 5,8% sem o ajuste sazonal. De janeiro a novembro, as horas trabalhadas subiram 3,9% em relação ao mesmo período de 2006.” AE

@-“João Vicente Goulart, filho do ex-presidente do Brasil João Goulart, disse nesta segunda-feira, em entrevista à rádio Gaúcha, que gravou o depoimento de um homem que teria dito que pertenceu ao serviço secreto do Uruguai e que teria envenenado Jango com a autorização da ditadura militar brasileira. A família do ex-presidente encaminhou denúncia à Procuradoria-Geral da República (PGR) pedindo investigação sobre o caso.” Portal Terra

@-Só para constar: “Na mesma tendência do comércio da carros novos, a venda de veículos usados no Estado de São Paulo bateu recorde e chegou a 1.606.422 negócios realizados, o que representa uma alta de 51,80% sobre 2006, segundo dados divulgados pela Assovesp (Associação dos Revendedores de Veículos Automotores do Estado de São Paulo).” Folha Online

@-“Entre cinco e sete anos, o número de casos de febre amarela silvestre aumenta significativamente. Esse avanço, explica o gerente da área de Vigilância e Gestão de Doenças da Organização Pan-Americana de Saúde, Jarbas Barbosa, é provocado pelo aumento da população de macacos suscetível ao vírus da doença. Quando há uma epidemia entre esses animais, parte morre e a que sobrevive cria imunidade. Com isso, embora o vírus continue circulando, os animais ficam protegidos, o que faz cair o número de casos novos. Isso dura cerca de cinco anos. Com o nascimento de filhotes, aumenta o número de animais sem proteção e o número de casos sobe.” Agência Estado

@-Última: tirinha do André Dahmer (Malvados)


Nenhum comentário: