07 janeiro 2008

@-Frase da Sambu: "Não se pode calçar o mesmo sapato em todos os pés”. Publilius Syrus

07,08/01/2008

@-A falta absoluta de um discurso eleitoral! Representantes quase a beira de um ataque de nervos do PSDB/DEM tentaram levar o plano Federal para o Municipal. O aumento monstruoso, acachapante e bombástico de impostos feito pelo governo federal no início dessa semana, no IOF e na Contribuição sobre o Lucro Líquido (CSLL), tornou-se uma bandeira eleitoral para os dois principais partidos de oposição. Equivoco historicamente comprovado. Federalizar o pleito Municipal, trazendo para o debate um Governo com índices altíssimos de avaliação é suicídio político-eleitoral, e o pior: desprezo para com o cidadão-eleitor. A base do governo e principalmente o Presidente Lula agradecem a estultice da oposição. A conferir

@-E por falar em estultice: a reportagem do Jornal Nacional da semana passada onde mostrava uma consumidora irritada pelo aumento do IOF virou chacota, virou piada nos corredores abarrotados de consumidores nas lojas de departamento pelo País afora. Vendedores fizeram e fazem piada pelo aumento de 22 reais diluídos em 12 ou 10 prestações no tal notbook rejeitado pela consumidora por conta dos 22 reais. O jornalismo da TV Globo já foi muito melhor, que decadência!

@-Ano eleitoral, descrédito do Senado e ainda insistem no circo de uma CPI! O Presidente do “Democratas” sobre a entrevista de José Dirceu para a desconhecida (agora ficou bem mais conhecida) revista Piauí, afirmou com fervor: "A CPI é inevitável, tendo em vista a gravidade das revelações sobre as malas de dinheiro". Este blogueiro apóia uma nova CPI do mesmíssimo tema (mensalão). A sociedade CLAMA! A conferir

@-A mídia deveria desconfiar de uma pesquisa feita por um instituto desconhecido patrocinado por um jornal francamente contrário ao Governo Evo Morales. Um tal de Captura Consulting (que nome!) fez uma pesquisa para um “jornalão” boliviano e constatou: Quase a metade dos bolivianos, 48,4%, votaria a favor da revogação do mandato do presidente Evo Morales. Nada contra a mídia deste País pagar um Instituto para pesquisar sobre qualquer tema, o chocante nesta estória é a mídia corporativa do Brasil que comprou a noticia sem questionar o Instituto e o pagante da tal pesquisa, enfim...

@-E as reservas brasileiras internacionais, a quantas andas? A mídia parou de falar no assunto, aliás, um assunto passado e repassado semanalmente no País do Tio (reservas deles, é claro) San, ou Sam.

@-“A Veja é tão mal informada que acusa o coronel Antonio Bandeira de "ex-comandante do III Exército". Coronel não comanda Exército. Ele foi torturador, sim, mas não comandante do III Exército. Isso é a Veja.” Helio Fernandes / Tribuna da Imprensa

@-Frase parceira da Sambu: "No momento em que tiver um desarranjo fiscal das contas (fim da CPMF) públicas, quem paga o preço é o povo brasileiro. Por isso, as medidas tomadas pelo ministro (da Fazenda) Guido Mantega foram ao encontro da responsabilidade fiscal, da garantia da moeda, da estabilidade econômica e do crescimento. Está de parabéns”. Governador do Rio de Janeiro, Sérgio Cabral Filho (PMDB)

@-Penúltima: charge do Regi (A Charge Online)

@-“Segundo a pesquisa McClatchy-MSNBC, Obama tem 33% das intenções de voto, contra 31% para Hillary, já derrotada pelo senador no cáucus de Iowa, na quinta-feira passada. As primárias de New Hampshire serão realizadas na próxima terça-feira. A pesquisa revela uma mudança de tendência entre os democratas de New Hampshire, onde Hillary Clinton liderou durante vários meses”. AFP

@-Tirinha de Colunista (II): "O Globo" revelou ontem, na Primeira: "No Rio um carro é roubado a cada 12 minutos". Impressionante, 5 carros por hora e não sai no ex-blog do prefeito Cesar Maia, alcaide-factóide-debilóide”. Helio Fernandes / Tribuna da Imprensa

@-“Todos que escreveram nos jornalões sobre a prévia dos EUA, em Iowa, obrigatoriamente deveriam ler e conhecer o livro de Teodore White, "Como se faz um presidente". Ele cobriu durante 1 ano, (1960) as campanhas de Kennedy e Nixon, pelo país inteiro. Indispensável”. Helio Fernandes / Tribuna da Imprensa

@-“A montadora coreana Hyundai Motor Co. anunciou que está em busca de um local no Brasil para a construção de uma nova fábrica. Segundo o vice-presidente da empresa, Kim Dong-Jin, a fábrica terá capacidade de produção de 100 mil veículos por ano. O empreendimento faz parte dos planos da empresa de ampliar a produção fora do território sul-coreano.” AE

@-“Depois de passar o primeiro ano de sua gestão contendo os gastos e limitando investimentos, sob a alegação de estar “arrumando a casa”, o governador Sérgio Cabral promete abrir os cofres do estado para um pacote de obras que devem começar a sair do papel este mês. Entre recursos do tesouro estadual e repasses da União, o Rio vai receber investimentos de mais de R$ 1 bilhão para obras este ano. A maior parte destes investimentos vem do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC). Está prevista a aplicação de R$ 720 milhões em 2008 nas obras de urbanização dos complexos do Alemão e de Manguinhos e nas favelas da Rocinha, do Pavão-Pavãozinho e na construção do Arco Rodoviário Metropolitano. O resultado da licitação para definir as empresas que vão executar os projetos nas comunidades sai no dia 14, e os trabalhos devem começar em fevereiro — com exceção do Pavão-Pavãozinho, onde as obras já estão em andamento.” O Dia

@-“O presidente da Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores (Fenabrave), Sérgio Reze, avalia que o aumento do Imposto sobre Operações Financeiras (IOF) não deverá impactar as vendas de automóveis no Brasil. ?O aumento final no valor das parcelas será pequeno e por isso não impactará as vendas?, disse.” AE

@-“Os medicamentos genéricos (cópias de produtos de marca) cresceram acima do mercado no ano passado. Enquanto a indústria farmacêutica registrou alta de 10% em valor em 2007, em comparação com 2006, e 5% em unidades, os genéricos tiveram um crescimento de 30% em valor em relação em 2006´, informou Odnir Finotti, diretor executivo da Associação Brasileira das Indústrias de Medicamentos Genéricos (Pró Genéricos)”. Invest News

@-Última: tirinha do André Dahmer (Malvados)

Nenhum comentário: