02 janeiro 2008

@-Frase da Sambu: “Na vida, o que aprendemos mesmo é a sempre fazer maiores perguntas”. Guimarães Rosa

02,03/01/2008

@-O PFL (DEM) esta animadíssimo pelo nível eleitoral dos seus principais candidatos para a eleição que se avizinha. Este blogueiro detecta a realidade que frustrara o animo ingênuo dos “Democratas”. O PFL não vai emplacar nas grandes Capitais, motivo? A lista dos candidatos “fortes” do DEM chega a ser cômica! Então, vejamos: Onyx Lorenzoni (Porto Alegre); nenhuma chance! Solange Amaral (Rio); quem é Solange Amaral? ACM Neto (Salvador); o neo-carlismo-nanico voltará na forma de pipoca saltitante? Gilberto Kassab (São Paulo); e o Picolé “derretendo” Chuchu?

@-A mídia corporativa perdeu por completo todos os parâmetros da razoabilidade! A Folha de São Paulo destacou: “Lula ajuda a eleger no NE, mas tira votos no Sul e Sudeste”. Este blogueiro não sabia que Lula tirava votos de aliados no Rio de Janeiro, Espírito Santo e Minas Gerais. A mídia corporativa quer criar uma “realidade” de papel! Durma-se com uma orgia “pesquisatória” destas!

@-Será que no Rio Grande do Sul, o Presidente Lula vai tirar votos do lamentável, pífio e tenebroso Governo tucano da Dona Crusius? A probabilidade do anti-tucanisno nas plagas gaúchas é gigantesca, o Deputado e candidato a Prefeito da Capital gaúcha, Onyx Lorenzoni (DEM), que o diga!

@-A economia do País esta indo de vento em popa. O Estado mais rico da Federação dará as costas para índices tão ao gosto dos paulistas? A Folha de São Paulo esta batendo recordes atrás de recordes de estultificação-rotativa. Jornalismo vidente. Que coisa!

@-Só para constar: o Presidente Lula obteve: 69,69% (arredondando: 70%!) dos votos válidos no Estado do Rio de Janeiro! Parece que o Estado não pertence à Região Sudeste, deslocou-se para o nordeste?

@-Lula dificilmente vai transferir votos no pleito Municipal, no máximo pode reverter a favor do seu candidato quando a disputa esta parelha. É uma questão de gradação: Prefeito, Governador e Presidente. Para Presidente da Republica Lula será fundamental. Não precisa conferir

@-O anti-lulismo tem um definido, solidificado e conhecidíssimo teto eleitoral e não vai alterar absolutamente nada no pleito Municipal, muito menos na eleição de 2010, a não ser que aconteça um maremoto na economia, mesmo assim o piso eleitoral do Presidente Lula, não cai para menos de 45%. Com este número, Lula continuara sendo o principal cabo eleitoral.

@-E agora PSDB? Vai mexer na saúde, na educação, na agricultura familiar, na Previdência ou no salário mínimo para tapar o rombo da CPMF? A população não confia mais neste discurso vazio e surrado do “gastos públicos”, aliás, quais são estes gastos PSDB?

@-O PT já tem uma irrefutável munição contra o PSDB nestas (2010 o uso será sintomático) eleições: a CPMF. Para o PSDB a critica sobre a saúde no País fica insustentável. O Hospital das Clinicas é um exemplo. A conferir

@-Frase antiquíssima da Sambu: “Vamos tentar reorganizar o sistema de segurança. Primeiro, o governo federal tem que assumir as suas responsabilidades. A droga e a arma utilizados pelos bandidos no Brasil não são produzidas no país, entram pelas nossas fronteiras.” Deputado Federal Rodrigo Maia (DEM-RJ) e a “nova” bandeira do DEM: Segurança Pública

@-Penúltima: charge do Lute (Charge Online):

@-“Mesmo com a volatilidade do mercado acionário, a Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa) encerrou 2007 como com a terceira mais rentável em todo o mundo. Em dólar, segundo analistas, a Bolsa acumulou rentabilidade de 72,29%, perdendo apenas para Xangai, que teve alta de 110,15%, e para Shenzhen, também na China, que subiu 180,84%, utilizando como base a moeda americana.” O Globo

@-“A TAM anunciou compra de mais 30 aviões da Airbus, em operações de adiantamento para os anos de 2008 até 2010. A transação será paga, em partes, com recursos de um empréstimo junto ao BNP Paribas, no valor de US$ 117 milhões. A aérea pretende encerrar o ano que vem com 123 aeronaves em operação. Para 2010, a companhia estima chegar a 136 aviões.” DCI

@-Frase grata da Sambu: "O Rio recebeu em 2007 (Governo Federal) o que não recebeu nesses últimos dez anos". Governador Sergio Cabral

@-“O consumo de eletricidade no País nos últimos 12 meses até novembro cresceu 5,4%, em linha com o Produto Interno Bruto (PIB), que deverá fechar 2007 com expansão de 5,2%, segundo o Banco Central. O consumo comercial, com 6,7% , e o residencial, 5,9%, tiveram o maior crescimento em comparação com os 12 meses anteriores. Na atividade comercial, os destaques foram para aeroportos, hotéis e varejo em geral. Nas residências, houve entrada de 1,8 milhão de novos consumidores incluídos no Programa Luz para Todos, conforme relatório da Empresa de Pesquisa Energética (EPE).” Gazeta Mercantil

@-“Embaladas pelo dólar barato e a perspectiva de aumento nos ganhos com o crescimento da economia, 4.241 novas empresas substituíram fornecedores domésticos por estrangeiros, engrossando as estatísticas das importações entre janeiro e novembro deste ano. Trata-se do maior movimento de ingresso de novos negócios nas operações de comércio exterior em um único ano, desempenho que elevou para 28.021 o número de empresas que compram, no exterior, matérias-primas, equipamentos e produtos industrializados.” Folha Online

@-“O Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) chega ao final de 2007 com cerca de 80% dos recursos empenhados (ou seja, o governo já se comprometeu a gastá-los em áreas específicas). Foram empregados em obras do PAC R$ 13,3 bilhões do total de R$ 16,5 bilhões previstos para 2007. Os dados são do site Contas Abertas, que usa como fonte valores do Sistema Integrado de Administração Financeira do Governo Federal (Siafi), atualizados em 26 de dezembro. O maior volume de recursos foi empenhado nos últimos meses do ano: aproximadamente R$ 2,3 bilhões em novembro e R$ 3,3 bilhões em dezembro, o maior valor de 2007.O Ministério dos Transportes teve a maior dotação orçamentária para o PAC em 2007, R$ 8 bilhões. Desse total, cerca de 50% foi executado.” ABr

@-“A realização de 125 férias de negócios no Brasil neste ano, movimentou R$ 3,2 bilhões gerada pelas diversas atividades de viabilização e operação de eventos, que atraíram mais de 5 milhões de pessoas.” Gazeta Mercantil

@-“A BR-163, rodovia que liga as cidades de Cuiabá, em Mato Grosso, e Santarém, no Pará, vai ganhar atenção especial do governo. Um decreto presidencial, assinado no dia 6 de dezembro, criou o Comitê Executivo do Plano de Desenvolvimento Regional Sustentável da BR-163. O Plano foi criado para levar políticas de desenvolvimento sustentável, ordenamento territorial, conservação ambiental, gestão florestal, inclusão social e cidadania às comunidades que vivem às margens da rodovia.” ABr

@-Última: tirinha do André Dahmer (Malvados)

Nenhum comentário: