18 janeiro 2008

@-Frase da Sambu: "A justiça brasileira não é cega. É só paraplégica". Millôr Fernandes

18,19/01/2008

@-O PSDB é no mínimo um partido esquisito! O PSDB vai esperar a definição da candidatura Marta Suplicy (PT) para, ai sim, lançar ou não Geraldo “Esperando” Alckmin para a Prefeitura paulistana! A decisão foi definida em reunião na quarta-feira entre o presidente do PSDB, Senador Sergio Guerra (PE), o Governador de São Paulo, José Serra, e o líder do partido no Senado, Arthur Virgílio (AM). Guerra e Virgílio também reuniram-se com Geraldo “Ainda Esperando” Alckmin. Tem um pequenino detalhe, esquisitos tucanos: a possível candidata Marta Suplicy já informou que tem até junho para anunciar sua posição, a Ministra não tem pressa, esta na vitrine, bem diferente do Geraldo “Quem-Sabe” Alckmin. A pressa não é petista, mas tucana! Enfim...

@-Frase esquisita da Sambu: "Se eles [PT São Paulo / Marta Suplicy] que têm uma situação mais precária, com uma opção só, têm um prazo largo, por que temos que decidir [Geraldo “Na Espera” Alckmin] agora?" Senado, Arthur Virgílio (AM).

@-A grande mídia vai fazer um auê do bem-querer para a privatização da Companhia Energética de São Paulo (Cesp), que será realizada a partir do dia 20 de fevereiro. O Governador José Privatizando Serra entrará no espaço midiático como superadministrador. A penúltima esperança neoliberal-academica-de-mercado. O pequeno investidor vai receber o prêmio integral pago aos controladores no caso de venda da empresa, QUE MARAVILHA! A conferir

@-Até que enfim o Ministério da Educação resolveu agir contra o verdadeiro mercado-livre feito por um número assustador de Faculdades da dita Ciência do Direito espalhadas pelo País. A estimativa do ministério é de redução aproximada de 6 mil vagas para os próximos 12 meses, ainda é pouco, mas já é um bom começo.

@-Tirinha de Editor: Na democracia, é louvável a alternância de poder e o debate em busca do bem comum. Cesar Maia sabe muito bem disso - afinal, teve de enfrentar, como jovem esquerdista, exílio no Chile de Salvador Allende justamente por não encontrar espaço para as suas idéias. Portanto, justifica-se sua posição de ignorar o boicote oficialmente. O que pega mal, no entanto, é jogar por baixo dos panos. Ou bem Maia assume que a população tem direito de se manifestar democraticamente, como tem falado publicamente, ou bem assume que o boicote, se levado a cabo, levará por água abaixo seu projeto político. Portanto, Sr. Prefeito, honre seu passado e seja transparente. André Balocco Editor de Cidade, JB

@-São Paulo: A cidade mais rica do País e a miséria escondida na imensa periferia paulistana. Foto: Danilo Verpa, Folha Imagem / Favela do Vietnã, no Jabaquara (zona sul de São Paulo), ontem.


@-Tirinha de Colunista: “Todos que conversam com o presidente Lula, políticos, empresários, jornalistas, saem com a mesma impressão: "A impressionante tranqüilidade de Lula". Como são os mesmos, comparam com o desespero permanente e quase eterno do presidente FHC.” Helio Fernandes / Tribuna da Imprensa

@-Tirinha de Jornal: “Um em cada três deputados federais tem algum tipo de pendência na Justiça e no Tribunal de Contas, divulgou nesta quinta-feira a ONG Transparência Brasil. Segundo o coordenador do projeto Excelências, Fabiano Angélico, no Estado de Tocantins, sete em cada dez deputados têm processos. Ao todo, são 513 o número de parlamentares na Câmara. As pendências variam, como crime financeiro, improbidade administrativa, e crime contra o meio ambiente. "O estudo foi feito com base em um banco de dados dos parlamentares. Em Tocantins, por exemplo, quase 70% dos deputados são réus por diversos motivos. É muito diluído", disse.” O Dia

@-“O Tribunal Regional Eleitoral da Paraíba absolveu ontem o governador Cássio Cunha Lima (PSDB) do terceiro processo de cassação de mandato por supostas irregularidades cometidas nas eleições de 2006. Por quatro votos a zero, os juízes avaliaram que não houve interferência do governador, por ter pintado os prédios públicos do Estado de verde, cor usada na campanha de Cunha Lima em 2002. A ação foi apresentada pela coligação "Paraíba de Futuro" que era encabeçada pelo candidato derrotado José Maranhão (PMDB)” Folha de São Paulo

@-“A Caixa Econômica Federal (CEF) vai leiloar 1.335 imóveis no estado de São Paulo, sendo 1.137 deles na capital. Segundo a CEF, é o maior leilão de imóveis do estado nos últimos anos. Entre os imóveis à venda, 691 têm descontos que chegam a 29,5%. Somados todos os valores de venda, as ofertas somam R$ 69,7 milhões. Os imóveis, em sua maioria, podem ser financiados, com possibilidade de uso do FGTS.” DCI

@-Última: tirinha do André Dahmer (Malvados)

Nenhum comentário: