28 dezembro 2007

@-Frase da Sambu: "A melhor maneira de prever o futuro é criá-lo”. Peter Drucker

28,29/12/2007

@-Não precisa ser analista político, vidente ou guru, para constatar o óbvio, em que pese o esforço descomunal de propaganda política-eleitoral da mídia corporativa contra o imposto: o Instituto Brasmarket fez uma pesquisa sobre o fim da CPMF e os dados são estarrecedores para o PSDB/DEM & CIA. Segundo o Instituto: o "imposto do cheque" se deveu ao interesse da oposição em prejudicar o presidente Lula (30,8%) /// Beneficiou ricos e empresários (23,4%) /// Beneficio do povo 11% /// Beneficiou os mais pobres 17%.

@-Sobre a tirinha de cima: a pesquisa foi feita só na Capital paulista. A cidade de São Paulo é considerada pelos analistas como o último reduto confiável dos tucanos!

@-Ainda sobre a tirinha de cima: foi o governo Lula (na figura do Presidente) que saiu derrotado com o fim da CPMF?

@-A mídia corporativa insinua, alega, afirma, mas, não mostra! Analistas (muito bem remunerados pela mídia corporativa & CIA) afirmaram que o dólar desvalorizou-se no mundo todo, até ai tudo bem, uma constatação. O que a mídia corporativa esconde: a maior valorização frente ao dólar foi da moeda (real) brasileira, quase 21% em 2007! Depois do real, as moedas que mais subiram em relação ao dólar americano foram o dólar canadense (18,43%), a coroa norueguesa (12,71%), o dólar australiano (10,82%) e o euro (9,90%). Resumo da opera: o Brasil é (em definitivo) a bola da vez na economia mundial.

@-Sobre a tirinha de cima: e o resto do mundo? A valorização frente ao dólar teve uma escala descendente entre 9,5% e 0,5% na maioria dos Países deste planeta. O Brasil teve o dobro, o triplo, o quádruplo, o quíntuplo...

@-Só para constar: liminar do presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), ministro Marco Aurélio Mello, suspendeu o processo em que o governador do Maranhão, Jackson Lago (PDT), poderia ser condenado à perda do mandato.

@-Só para constar (II): horas depois o Ministro Marco Aurélio Mello voltou atrás e o processo contra o governador continua. Estranho não! Erro dos subalternos?

@-Frase justa da Sambu: “A tortura é imprescritível”. Ministro Paulo Vannuchi, Secretaria Especial dos Direitos Humanos

@-E por falar nos economistas regiamente pagos pela mídia corporativa para dar “luz” ao futuro da economia. Atentai bem, amáveis leitores: para 2007, os intrépidos e geniais economistas previam um crescimento do PIB de 3,5%. Erraram feio, o crescimento para este ano vai ultrapassar 5%. Os inenarráveis doutos previram baixo investimento direto dos gringos, algo em torno de 15 bilhões, mais uma vez, ralaram a bundinha cansada, os estrangeiros investiram (investimentos diretos!) mais de 30 bilhões. Nunca antes na história deste País a mídia corporativa produziu tanto lixo na area econômica e política!

@-entre a cruz e a caldeirinha: Geraldo Alckmin vai candidatar-se a Prefeito de São Paulo, motivo? Não pode dar-se ao luxo de ficar mais três anos no ostracismo político. O Picolé pode derreter no limbo quente da solidão midiática. O sonho da Presidência ou a volta ao Palácio Bandeirantes derreteu!

@-“O advogado Rogério Tolentino, atuando como juiz eleitoral entre agosto e outubro de 1998, participou de pelo menos 21 julgamentos envolvendo o então candidato à reeleição ao governo de Minas, Eduardo Azeredo (PSDB), e sua coligação. Junto com a denúncia encaminhada ao Supremo Tribunal Federal (STF) sobre o chamado mensalão tucano, o procurador-geral da República, Antônio Fernando de Souza, solicitou que o Ministério Público Federal em Minas apure o “pagamento de vantagem indevida” por parte do publicitário Marcos Valério e seus ex-sócios a Tolentino, “em troca de decisões favoráveis aos interesses eleitorais” de Azeredo.”. O Estado de São Paulo

@-Penúltima: charge do Dálcio (Correio Popular)

@-Frase autárquica da Sambu: "O HC é autônomo como autarquia. Ele que decide. Nós damos o dinheiro. Não houve nenhum contingenciamento, nada. O dinheiro ficou para o HC utilizar e a sua direção distribuiu da melhor maneira.” Governador José Serra, justificando o injustificável. Afinal, quem coloca?

@-Tirinha de colunista: “Segundo importante matéria da "Folha", o "bispo" Macedo teria "ultrapassado o limite de propriedade de canais de televisão". Por causa disso, estaria sujeito a perder o canal de Franca. Não vai perder nada, só se fortalece com os "dízimos", que jorram com mais velocidade do que o petróleo tirado do fundo dos mares. Fico impressionado com a falta de constrangimento com a exploração da fé. O "pastor" Malafaia, que compra horários diários e variados, é um mestre na impostação.” Helio Fernandes / Tribuna da Imprensa

@-“A Polícia Federal (PF) aumentou o número de prisões e operações em 2007 em relação ao ano passado. Segundo levantamento apresentado pelo ministro da Justiça, Tarso Genro, a PF promoveu 188 operações de combate à corrupção e ao crime organizado que resultaram na prisão de 2.876 pessoas, dos quais 316 servidores públicos e 13 policiais federais. Os números revelam aumento de 7,5% no total de presos neste ano na comparação com 2006. No ano passado, a Polícia Federal prendeu 2.673 pessoas em 167 operações.” ABr

@-Frase presidencial da Sambu: "O PAC significa, antes de tudo, crescimento e emprego. As décadas perdidas pela falta de confiança no país e pela falta de planejamento e de ação do Estado ficaram para trás". Presidente Lula

@-“O consumo de energia elétrica no país cresceu 6,7% em novembro, na comparação com o mesmo período em 2006, informou ontem a Empresa de Pesquisa Energética (EPE). A demanda do mercado chegou a 32.687 GWh (gigawatts-hora) em novembro, ante 30.644 GWh em mês correspondente no ano passado”. JB

@-“A Gol Linhas Aéreas, a segunda maior companhia aérea do País, anunciou ontem a encomenda de mais 40 aviões ao fabricante norte-americano Boeing e que colocará em ação um plano para acelerar a modernização e a renovação da sua frota.” DCI

@-Última: tirinha do André Dahmer (Malvados)

Nenhum comentário: