09 outubro 2007

Terça-feira, Outubro 9

@-Quando a Fiesp levou um abaixo assinado (1 milhão de assinaturas) para protestar sobre a CPMF no Congresso a grande mídia cobriu o fato com estardalhaço, e o plebiscito da Vale? O plebiscito da campanha “A Vale é Nossa” alcançou um total de 3.447.989 milhões de votos e o plebiscito tornou-se um verdadeiro abaixo assinado popular. Pelo menos 24075 urnas foram organizadas em 3157 cidades brasileiras e 94,5% disseram “não” a privatização da Companhia Vale do Rio Doce, um número acachapante. A ditadura da informação imposta pela mídia corporativa é criminosa!

@-“Repudio, mais uma vez, com a veemência e indignação que a situação exige, as falsas acusações de que estaria usando servidores do Senado Federal para práticas inescrupulosas, imorais e ilegais. Isso não faz parte do meu caráter". Senador Renan Calheiros

@-A oposição e a mídia corporativa (leia-se: Globo/Veja/Fiesp) vão tentar a última cartada para derrubar o Senador Renan Calheiros. O final do ano se aproxima e traz com ele o esquecimento natural por parte da população e o cansaço sobre o mais do que surrado assunto. Renan sabe disso e trabalha com o tempo, vai prolongar ao máximo seu afastamento temporário e sair na hora que lhe convém, talvez na última semana do mês. Dois Senadores da oposição irão adentrar majestosamente no inferno astral, um já é conhecido: Senador Azeredo (PSDB-MG), o outro nome pode surgir a qualquer momento, façam suas apostas. Os próximos quinze dias serão fatais para o Senador Renan, passando “ileso” este período, acabou! O Senado Federal vai pedir pelo amor de Deus que o recesso entre e a mídia corporativa vai chorar baixinho mais uma derrota, mas, a situação de Renan Calheiros é dificílima. A conferir

@-Recebi um E-Mail desaforado: o cidadão da misiva eletrônica acha um absurdo este blogueiro defender o Senador Renan! Caro cidadão, eu não defendo o Senador, pelo contrário. O tipo político de Renan Calheiros deveria ser varrido da vida Nacional, este tipo de político o Senado esta repleto, principalmente no PMDB, DEM e PSDB. Sai Renan para entrar quem? Senador Jarbas Vasconcelos que fez um Governo (Pernambuco) recheado de escândalos? Sarney pai ou filha? Agripino Maia? Mão Santa? Mão me faça rir! A hipocrisia impera no Senado, mídia corporativa e nos "cansados úteis".

@-O que move a Globo/Veja/Fiesp e asseclas? O que move parte da oposição? Enfraquecer o Governo criando um racha na base política e a vontade enlouquecida para impingir uma derrota escorchante sobre o tema CPMF. Afinal temos eleições no ano que vem....

@-O Senado é um espelho da sociedade brasileira, não adianta a zona Sul do Rio e de São Paulo chiar! E olhe que o Senador da Zona Sul do Rio é o Dorneles.

@-Amáveis leitores: qual é o estrato social que mais lê jornal no Brasil? Classe “A” e “B”? A era Lula conseguiu outro feito, hoje as Classes “C” e “D” lêem e compram mais do que a chamada “elite informada”. As classes mais abastadas desinformam-se com os jornalões e as menos abastadas entretém-se com os jornais sensacionalistas que dominam o mercado. A mídia impressa definha vendendo mais. É mole!

@-Tirinha de Portal:“A Executiva Municipal do PT de São Paulo aprovou, em reunião realizada na noite desta segunda-feira (8), por unanimidade, encaminhar à Justiça Eleitoral um pedido para retomar o mandato da vereadora Sônia Francine, a Soninha. Ela trocou o partido pelo PPS no final de setembro.” G1

@-“Os ministros de Economia e de Finanças de sete países da América do Sul chegaram a um acordo quanto à ata de fundação do Banco do Sul. Reunidos ontem (8) no Palácio do Itamaraty, eles marcaram para o dia 3 de novembro, em Caracas (Venezuela), a assinatura do documento oficial de fundação, mas a data ainda depende da aceitação dos presidentes de cada país” ABr

@-“O ministro do STF (Supremo Tribunal Federal) Celso de Mello determinou nesta segunda-feira (8/10) a abertura de inquérito para investigar o senador Wellington Salgado (PMDB-MG) por crime contra a ordem tributária. O pedido, feito pelo MPF (Ministério Público Federal), pretende apurar se o senador, na condição de diretor da Asoec (Associação Salgado de Oliveira de Educação e Cultura), teria ou não cometido crimes tributários que envolveriam cifras milionárias.” Última Instância

@-Tirinha de Jornal: “A imposição da fidelidade partidária pelo Supremo Tribunal Federal (STF) em eleições proporcionais pode colocar em xeque o mandato de 2.500 a 3 mil vereadores em todo o país. Segundo o presidente da União dos Vereadores do Brasil (UVB), Joabs Sousa Ribeiro, essa é a estimativa inicial do número de vereadores que mudaram de legenda desde 27 de março - quando o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) decidiu que, nas eleições para a Câmara, assembléias legislativas e câmaras de vereadores, os mandatos são dos partidos, e não dos eleitos. No total, há no Brasil cerca de 52 mil vereadores.” JB

@-Tirinha do Novaes (Gazeta Mercantil)

Nenhum comentário: