01 outubro 2007

Segunda-feira, Outubro 1

@-Amaveis leitores. A revista Época deveria aproveitar o embalo “das amizades” e denunciar o Governador José Serra (PSDB-SP) por ter dado a presidência da Nossa Caixa a um réu em várias ações por improbidade administrativa, concessão de empréstimos suspeitíssimos, por dano ao erário público e sabe-se lá mais o que. O nome do ilustre cidadão que ganhou um belo cargo do Governador: Milton Luiz de Melo Santos. O tal Milton foi diretor da Caixa Econômica Federal no governo FHC.

@-A eterna comparação: imaginem um Governador petista dando um cargo de presidência de um banco estatal para uma pessoa indiciada por várias, digamos, irregularidades? Capa nos jornalões, indignação dos blogueiros da mídia corporativa, chamadas histéricas nos rádios e por ai vai...

@-O disparate da noite! O governador de São Paulo, José Serra (PSDB) afirmou para o jornal Folha de São Paulo uma molhada eletrocussão da inteligência alheia. O “choque de eletrocussão” tucana na frase: "Nós temos uma polícia eficiente. Isso gera problemas, não pode deixar de prender". Presídios superlotados pela eficiência da policia paulista Governador!? AHAHAHAH.

@-Última enquete: “A extinção do Senado e a criação do sistema unicameral, é a forma mais ágil, econômica e democrática para expressar a vontade do eleitor? Sim: 62% /// Não: 29,33% /// Não tenho opinião formada: 10, 67%.

@-A Vênus Platinada pode entrar na Justiça contra a Record News, criada quinta-feira (28/9). Este blogueiro nunca viu uma alegação por parte das Organizações Globo tão mesquinha, pífia e acima de tudo, antidemocrática. A Globo alega duplicidade de canais e pede a interdição da nova emissora de notícias. A frase “democratizar a mídia” para a emissora dos Marinhos soa mal-dita.

@-Segundo fontes samburisticas (nada confiáveis) a família do Senador Azeredo (PSDB-MG) pressiona para que ele fale tudo sobre as eleições de 98. Minas-tucano & São Paulo-tucano estão em pé de guerra. Tem redação de jornalão escondendo “notinhas maldosas”, tanto de um lado como de outro nesta guerra, a plantação de notinhas continua a todo o vapor, mas, no tucanoduto, não germina. Parte da mídia corporativa entrou numa fase estranhíssima. A conferir. O que?

@-A Rede Globo quer influenciar a vida Nacional a qualquer custo. A matéria vinculada no JN de sábado é uma ode a fidelidade partidária retroativa. A fidelidade partidária é necessária, fortalece os partidos, da musculatura ideológica e disciplina o rame-rame do fisiologismo, já que este nunca vai acabar, mas pode diminuir significativamente. A retroatividade da fidelidade partidária criará um caos (Estados e Municípios) político ao punir o possuidor de mandato, o correto seria começar a fidelidade nas eleições de 2008, ou a partir de... Mas o que importa para a mídia corporativa é a punição e o enfraquecimento da base governista, dane-se o resto e viva o caos!

@-Tirinha de Colunista: “O procurador geral da República deve denunciar o senador Eduardo Azeredo, o ministro Mares Guia e o ex-presidente FHC. É exibição de hipocrisia explícita acreditar que não têm nada com isso. Azeredo e Mares Guia juntos, na mesma campanha, no inesgotável valerioduto. E FHC? Como conseguiu "conquistar" a inconstitucional reeeleição? Reformaram a Constituição para favorecê-lo de graça? Ha! Ha! Ha!” Helio Fernandes / Tribuna da Imprensa

@-Só para constar: “Os fabricantes de tubos de aço investem para aumentar a produção, a fim de atender os pedidos dos setores de petróleo e siderúrgico. Com a elevada demanda, as vendas de tubos de aço devem somar R$ 1 bilhão este ano. O total cresce para R$ 6 bilhões quando se somam as vendas de motobombas e válvulas industriais. Os negócios das empresas do setor deram um salto este ano. A carteira de pedidos no negócio de tubos da Confab triplicou entre o primeiro semestre de 2006 e o de 2007.” DCI

@-Só para constar II. "São Paulo tem 1% dos homicídios de todo o mundo e, no Brasil, 100 pessoas morrem por dia, em média, vítimas de armas de fogo.” O Estado de São Paulo

@-Última: tirinha do André Dahmer (Malvados)

Nenhum comentário: