24 outubro 2007

@-Frase cotidiana da Sambu: “Às vezes, a única coisa verdadeira num jornal é a data”. Luís Fernando Veríssimo

24/10/2007

@-“Normalex sedilex”. O PSDB vai liberar (e precisa?) a bancada no Senado sobre a prorrogação da CPMF. Para a mídia corporativa o tucanato grita e vocifera contra a CPMF, mas por detrás das câmaras e microfones...A bancada do PSDB rachou com uma ligeira vantagem para o contra. O PSDB e o DEM já não se entendem mais, o tucanato paulista esta (faz tempo!) em pé de guerra no ninho-mor, o DEM murcha, e ao que tudo indica esta virando um partido “neocomunista-liberal”...Quem lê os jornalões tem a nítida impressão de tranqüilidade nas plagas do PSDB & DEM. A mídia amiga criou uma nova categoria jornalística: a matéria tabu!

@-O Exército já esta trabalhando no primeiro canteiro de obras da transposição do Rio São Francisco. A transposição é um fato inequívoco, mesmo assim, vários movimentos sociais e trabalhadores filiados a sindicatos, desembarcam hoje na Capital Federal para protestar contra a transposição. Não seria mais interessante fiscalizar a obra e exigir a contrapartida prometida pelo governo Federal no saneamento ambiental do Rio São Francisco?

@-O volume de crédito no sistema financeiro nacional não para de crescer. No mês passado cravou 33% em relação ao Produto Interno Bruto. A estrutura da economia brasileira entra por um viés jamais visto na história deste País, e tem blogueiro da mídia corporativa que colocou em destaque no seu blog o aumento dos juros no cheque especial! AHAHAHAH

@-O governo brasileiro está pra lá de confiante na extradição do fugitivo criminoso Alberto Cacciola. O secretário-executivo do Ministério da Justiça, Luiz Paulo Barreto, acredita que até na primeira quinzena do próximo mês o fugitivo estará no Brasil. A conferir

@-Matéria de capa da Folha de São Paulo que circula hoje é uma verdadeira ode (sugere, alude, talvez, quem sabe!) a perseguição política-partidária. Sub-titulo da capa: “Grampos da Operação Persona aludem a “doação” da empresa de informática; partido diz desconhecer caso”. Amáveis leitores: uma capa que não diz absolutamente nada (a PF vai investigar? Ótimo) apenas sugere, alude, insinua! Colocar na capa algo incerto, remoto, não sugere e não alude nada, mas afirma um grau descontrolado de (talvez, quem sabe!) perseguição política deste jornalão ao Partido dos Trabalhadores. Capa de jornal foi feita para a exatidão da noticia, mesmo que esta tenha uma ótica singular ou divergente. A exatidão da capa deste jornalão tem um nome: politicagem

@-“O presidente Lula recebe hoje cerca de 100 empresários em Brasília. Além de ouvir as queixas do empresariado sobre excesso de carga tributária, ausência de marcos legais, entraves burocráticos e até CPMF, Lula vai fazer um apelo para que eles sejam mais ousados e invistam fora do Brasil. No figurino de consultor econômico, vai falar com otimismo do atual vigor da economia e pretende sugerir investimentos na África, citando os índices de crescimento de Angola e Ásia, especialmente a Tailândia com seus mais de 200 milhões de potenciais consumidores.” Informe JB

@-Tirinha de Blog: “Após ter tido um relógio Rolex roubado em um assalto em São Paulo, o apresentador Luciano Huck vai ganhar um novinho em folha. O relógio, avaliado em R$ 10 mil, será um presente de Fernando Di Gênio, da Mix TV, que dirigia o carro em que estava o apresentador quando foi assaltado. "Fiquei sensibilizado por isso ter acontecido quando estávamos no meu carro. Aconteceu, né? Fazer o quê? A gente ficou surpreso na hora, mas ainda bem que não aconteceu nada com ninguém. Relógio, a gente compra outro. Eu queria tentar retribuir", disse Fernando à coluna de Mônica Bergamo, no jornal Folha S.Paulo.O assalto fez Luciano Huck publicar artigos em jornais de grande circulação nacional sobre a violência no Brasil. Vamos lá turma!!!! Tem mais!!!!” Blog do Onipresente

@-Tirinha de Colunista: “A política brasileira é dominada por inquestionável contradição. PSDB e DEM (antigo PFL) apoiavam FHC, que dizia: "Sem medida provisória não há governabilidade". Agora esses mesmos partidos gritam que "Lula está exagerando nas medidas provisórias". Falam sem o menor constrangimento.” Helio Fernandes / Tribuna da Imprensa

@-Só para constar: “Cristina Fernandez Kirchner é tida como a vitoriosa nas eleições presidenciais na Argentina, a uma semana da votação, que ocorrerá no próximo domingo, dia 28 de outubro. A primeira-dama do presidente de saída, Néstor Kirchner, deveria vencer já no primeiro turno sobre a radical Elisa Carrió e o ex-ministro da Economia, Roberto Lavagna. Uma pesquisa de opinião divulgada ontem indica Cristina como a vencedora, com 47,9% dos votos. Carrió e Lavagna aparecem mais distantes, com 15% e 11,1% respectivamente. As normas argentinas prevêem que seja eleito presidente quem tiver mais do que 45% dos votos, ou quem tiver mais do que 40% desde que com uma vantagem acima de 10 pontos percentuais sobre o segundo mais votado.” ANSA

@-“O plenário do Senado Federal aprovou nesta terça-feira (23/10) o substitutivo do senador Demóstenes Torres (DEM-GO) ao projeto (PLC 58/2006) que dispõe sobre a guarda compartilhada de filhos no caso de separação do casal. A matéria vai à Câmara dos Deputados. A guarda compartilhada é introduzida na legislação de família como um instrumento de co-responsabilização dos pais sobre os direitos e deveres que envolvem a criação e o bem-estar dos filhos.” Última Instância

@-Última: tirinha do André Dahmer (Malvados)

Nenhum comentário: