21 setembro 2007

Sexta-feira, Setembro 21

@-Parte da grande mídia destacou uma passeata de protesto contra o Senador Renan Calheiros na cidade do Rio de Janeiro, muito bem. O detalhe macabro não revelado pela imprensa: a organização foi feita pelo PMDB carioca, mais precisamente pelo casal Garotinho (sua filha, Clarissa Matheus organizou o ato político). Alguns estudantes da PUC foram usados para dar credibilidade ao movimento “apartidário” . Das duas uma: a imprensa foi ludibriada, ou cobriu o ato politiqueiro sabendo da origem política-partidária. O vocalista dos Detonautas, Tico Santa Cruz filiou-se ao PMDB dos Garotinhos? O vocalista não conseguia reunir quase ninguém em seus protestos, mas, com a ajuda dos Garotinhos o protesto encorpou para 200 pessoas, segundo a PM. A que ponto parte da grande mídia chegou!

@-O fugitivo Cacciola foi varrido nas redações dos grandes veículos de comunicação. É Impressionante o empenho da mídia corporativa em abafar o assunto, despejando de forma histriônica a votação da CPMF e o surrado “causo” Renan nas paginas dos jornalões, nos repetitivos portais, nas ondas do rádio e na fantástica TV Globo. O que temem?

@-Frase surpresa da Sambu: "Nós olhamos com muito respeito todas as determinações do TCU. E por isso a reação que nós tivemos foi de surpresa por vermos ações que estavam solucionadas voltarem à baila e serem encaminhadas ao Congresso". Ministra-chefe da Casa Civil, Dilma Rousseff.

@-Na falta do que dizer...O Senador Agripino Maia (DEM-RN) disse o que foi dito há três, dois, um ano atrás sobre a popularidade de Lula! "O índice é claramente sustentado na massa da clientela do Bolsa Família. Já nas categorias formadoras de opinião vemos uma queda". Bom, falar o que caro Senador?

@-Para o jornal Folha de São Paulo o PAC teria que parar no ano que vem por causa das eleições! A chamada da matéria: “Pais vai virar canteiro de obras em ano de eleição”. Criticavam o PAC pela lentidão inicial, agora quando começa a deslanchar, criticam o PAC pela entrada natural, normal em ano eleitoral. Parece que a Folha esqueceu que temos eleições a cada dois anos e o programa do PAC abrange anos a fio. Sou um leitor da Folha, um leitor com ritual, um leitor de banca de jornal (nunca assinei a Folha), um leitor que bate papo com o jornaleiro, um leitor que leva a Folha para tomar uma média no buteco (ou comer “um pastéis”) da esquina com direito a comentários iniciais (capa) com os amigos, um leitor tardio: compro o jornal no fim da tarde, teve época que o jornal acabava antes do dia, mas, tinha sempre um guardado pelo jornaleiro para mim. Acabou! Não tenho mais nenhum prazer em ler a Folha, infelizmente uma rotina (foi prazerosa) feita por anos, acabou! Ler um jornal hoje se tornou uma tortura ao identificar técnicas mesquinhas e grosseiras do antijornalismo.

@-Economia em crescimento e o aumento na eficácia da Receita Federal: Recorde na arrecadação tributária. Vale constatar a má fé de alguns veículos de comunicação ao “confundir” aumento de arrecadação com aumento de impostos.

@-Para esconder o verdadeiro assunto que rola freneticamente nas redações, nas rodinhas de políticos e nos jantares [regados a vinhos de 110 dólares] dos tucanos emplumados, a mídia corporativa insiste num tema já gasto: o Ministro da Defesa, Nelson Jobim e suas indicações para diretores da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac). Mas qual é o assunto palpitante que a mídia corporativa tenta de todas as forma minimizar? “Cacciola”. E por falar nisso: volta Cacciola, volta!

@-O PSDB e o DEM derretem como um picolé de chuchu abandonado no asfalto pelo seu insosso gosto. O Presidente do PSDB em MT, Antero Paes de Barros (ex-senador, ex-fonte predileta de um blogueiro corporativo e ex-confidente) entregou o cargo, por não concordar com a executiva do partido em aproximar-se do PR. O senador César Borges (BA) anunciou ontem, que deixará o DEM e irá para o PR. Outros abandonos e entregas de cargos viram por ai...

@-“Os cerca de 100 palestinos refugiados que governo brasileiro se comprometeu a receber começam a chegar ao país a partir desta sexta-feira. Eles devem viver nos estados de São Paulo e Rio Grande do Sul. Por conta do conflito palestino-israelense, o grupo se refugiou no Iraque, mas saiu após a queda do regime de Saddam Hussein” O Dia

@-Só para constar: “O Supremo Tribunal Federal (STF) recebeu nesta quinta-feira o parecer do procurador-geral da República, Antonio Fernando Souza, sobre a ação que trata da infidelidade partidária, de relatoria do ministro Celso de Mello. Para o procurador, "a filiação partidária é uma condição de participação no processo eleitoral, e não de permanência no cargo". Com isso, ele defende que o parlamentar que mudar de sigla não deve perder o mandato.” Portal Terra

@-“O financiamento para compra da casa própria com dinheiro da poupança é recorde pelo segundo mês consecutivo. Em agosto, os bancos emprestaram R$ 1,8 bilhão, de acordo com a Associação Brasileira das Entidades de Crédito Imobiliário e Poupança (Abecip). É a maior marca mensal desde 1984 e reflete o excepcional momento do mercado imobiliário, com crédito farto, prazos de financiamento que chegam a 30 anos, prestações fixas e forte concorrência entre os agentes financiadores, que incluem não apenas bancos, mas também companhias hipotecárias.” O Estado de São Paulo

@-Última: tirinha do André Dahmer (Malvados)

Nenhum comentário: