17 setembro 2007

Segunda-feira, Setembro 17

@-Meu Deus, aonde vai parar a loucura da grande mídia? Matéria em destaque da Folha de São Paulo: "O presidente Luiz Inácio Lula da Silva deu ontem sua própria absolvição ao presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), ao dizer, com ênfase na voz: "Se ele quiser conversar, é telefonar e marcar, e eu o receberei, como sempre recebi o senador Renan como presidente do Senado". O Presidente absolveu por causa de uma futura conversa entre chefes de poderes constituidos? O Presidente tem poderes para tanto? O Senador Renan Calheiros sofreu um processo final de votação em algum Tribunal do Júri? O Presidente da Republica não tem obrigação de receber o Presidente do Senado? A Constituição não reza harmonia entre poderes? Legislativo e Executivo não são poderes constitucionalmente separados? A votação no Senado só teria validade com a cassação? O Presidente da Republica (segundo a Folha) teria que brigar com o Senado? Condenar o seu Presidente? É o papel de um Presidente da Republica condenar o Presidente do Senado ou absolvê-lo? O “caso Renan” no Congresso resume-se a condenação ou absolvição? É isso? Parece que a mídia corporativa quer criar uma crise institucional na marra!

@-O tucanato paulista esta em polvorosa, motivo? O “banqueiro” Salvatore Cacciola foi preso na Itália e possivelmente voltara para o Brasil, com ele um dos maiores escândalos (devidamente varrido para debaixo do tapete pela mídia corporativa) da Era FHC. Uma pergunta deste blogueiro: será que o Ministro Marco Aurélio de Mello [o preferido da mídia corporativa] vai conceder outra liminar beneficiando o Cacciola?

@-A maré não esta boa para o PSDB: Cacciola, tucanoduto mineiro, políticos de alta plumagem na mira do STF, e ao que tudo indica vem mais por ai...

@-Amaveis leitores, lembram quando parte da mídia corporativa debochava sobre a “lista de Mourão”? A Policia Federal também esta investigando a “Lista de Furnas”, será que a mídia corporativa vai debochar quando a investigação acabar?

@-Só para relembrar: no dia 13 de março de 2003 o senador Tião Viana, do PT, propôs o fim de sessões secretas para julgamentos no Senado, o PSDB, como também o então PFL, não apoiaram a boa idéia do Senador Petista, agora posam de “indignados”. Ora, vão catar coquinhos ou chupar prego!

@-Já faz um bom tempo que este blogueiro denuncia o terror na Região Metropolitana de São Paulo. Noite de sábado, o ápice do terror: oito pessoas chacinadas (três hospitalizadas) na cidade de Ribeirão Pires, na Grande São Paulo. A contabilidade macabra de pessoas chacinadas (contabilidade conhecida!) já ultrapassou quatro dezenas, segundo a Secretária de Segurança estas chacinas [constantes] em São Paulo não passam de guerra entre gangs. Então ta!

@-a Segurança Pública no Estado de São Paulo faliu. A mídia (principalmente a Vênus Platinada) corporativa varre o fato para debaixo do tapete. Uma nova onda de ataques por facções criminosas pode ocorrer de novo no Estado. A periferia sobrevive num verdadeiro clima de terror, a periferia carioca em se comparando com São Paulo é um verdadeiro paraiso.

@-Tirinha de Jornal: “De acordo com a Folha de S.Paulo, o advogado do ex-banqueiro Salvatore Cacciola, Carlos Ely Eluf, afirmou ontem que seu cliente não poderá ser mantido preso em Mônaco porque não teria cometido crime nenhum naquele país.” Portal Terra

@-A extradição do criminoso (réu julgado!) Cacciola representaria uma vitória para a Justiça brasileira. Amaveis leitores repararam como a mídia corporativa trata este criminoso? Tem portal que coloca o caso na aba de “economia”, ou no caderno de “economia”, inacreditável. Enquanto isso, Zé Dirceu é perseguido e tratado como um pústula por essa mesma mídia.

@-Frase anticorporativa da Sambu: "O povo me conhece bem. Se tem alguém que me conhece no Brasil é o povo brasileiro. O que foi publicado na imprensa como verdade vai ser visto como verdade. O que for mentira também. Haverá o dia em que as coisas vão ficar claras para todo mundo”. Presidente Lula

@-Só para constar: “A cidade de Murici, terra natal do presidente do Congresso Nacional, Renan Calheiros (PMDB-AL), recebeu, na tarde deste domingo, romeiros de diversas cidades alagoanas que rezaram pela absovição do senador no Plenário da Casa, na quarta-feira, após processo de cassação do mandato. Faixas e cartazes das cidades agradeciam ao beato Padre Cícero pela permanência de Calheiros no cargo.” Portal Terra

@-Última: tirinha do André Dahmer (Malvados)

Nenhum comentário: