27 setembro 2007

Quinta-feira, Setembro 27

@-A Bolsa de Valores de São Paulo foi à primeira instituição no Continente Americano a recuperar perdas geradas com a crise de crédito imobiliário nos EUA, as outras bolsas levaram mais tempo na recuperação das perdas. Este fato ajudou e muito na imagem do Brasil perante o mundo.

@-Frase imensa da Sambu: "O Brasil é detentor de uma dívida social tão imensa, que toda vez que nos dispomos a fazer o pagamento dessa dívida, percebemos que não é possível pagar o que não foi feito durante séculos e décadas em apenas um mandato presidencial". Presidente Lula

@-O Banco do Estado de Minas Gerais (Bemge), foi privatizado durante o governo do senador Azeredo. O banco supostamente faz parte do esquema denominado tucanoduto. A possibilidade que este banco tenha financiado fraudulentamente políticos de outros estados é enorme. A conferir

@-O Senado acabou com a sessão secreta ontem à noite, e o Senador Aluízio Mercadante (PT-SP), disparou enfaticamente sua satisfação: "A transparência na vida pública é uma das coisas mais importantes. Precisamos de transparência, de luz. A sociedade tem que saber como vamos votar, mas não basta apenas ser uma sessão aberta, as votações também têm que ser transparentes. Demos um grande passo pela sessão aberta, mas é indispensável aprovar também o voto aberto, o voto transparente".

@-O Presidente Lula acertou em cheio na escolha da jornalista Tereza Cruvinel para presidir a nova TV Pública do Brasil e por tabela a jornalista Cruvinel acertou na escolha da também jornalista Helena Chagas para dirigir o jornalismo da TV Pública. Uma dupla de respeito. E a Globo? A TV globo parece o DEM, mingua! O jornalismo Global perde uma profissional exemplar. O jornalismo da TV Globo vive o pior momento de sua história.

@-A grande mídia destaca a China como um exemplo de País no que tange o combate à corrupção. Quando a Justiça chinesa executa alguém por crime de colarinho branco a TV Globo se farta e mostra faceira. Ora, a mesma Globo mostrou uma pesquisa feita por uma ONG mostrando o Brasil numa posição ruim, mas, o Brasil esta acima da China na tabela desta ONG! Moral da historinha: ou a pesquisa é uma piada, ou a Globo virou parquinho para malucos. O que não faz a percepção quando esta é fabricada para idiotas!

@-Mianmar: Monges budistas protestam contra a ditadura militar que governa o país há 45 anos. Foto: Reuters

@-Só para constar: “A Câmara concluiu, na madrugada desta quinta-feira, a votação em primeiro turno da Proposta de Emenda à Constituição que prorroga a CPMF e a DRU até 2011, mantendo a aprovação da proposta, que ocorreu no dia 20. Depois de 17 horas de debates, realizados em quatro sessões extraordinárias, e de 14 votações nominais, os deputados rejeitaram quatro emendas e seis destaques para votação em separado (DVS à PEC 50/07).” Agência Câmara

@-Tirinha de Jornal: “O corregedor do Senado, Romeu Tuma (DEM-SP), disse nesta quarta-feira (26), que as denúncias contra o senador Eduardo Azeredo (PSDB-MG) são graves e que há indícios para abrir processo por quebra de decoro parlamentar no Conselho de Ética da Casa. Azeredo é investigado em inquérito no Supremo Tribunal Federal (STF) por suposto envolvimento com o “valerioduto do PSDB mineiro”. O esquema é apontado pelo procurador-geral da República, Antonio Fernando de Souza, como o "embrião" do mensalão.O procurador deve apresentar em breve denúncia ao Supremo.” NovoJornal

@-“A Petrobras fechou contrato de US$ 1,4 bilhão para a construção da plataforma P-56, destinada ao campo de Marlim Sul. A unidade vai começar a produzir 100 mil barris de óleo por dia a partir de outubro de 2010. A construção da plataforma ficará a cargo do consórcio BRasfels/Technip.” Agência Brasil

@-Só para constar: “Por oito votos a três, o Supremo Tribunal Federal (STF) rejeitou nesta tarde ação direta de inconstitucionalidade (Adin) contra a Emenda Constitucional 41, que alterou regras do regime de transição para aposentadorias dos servidores públicos estabelecidas na Emenda 20, de 1998, primeiro passo da reforma da Previdência Social. O ministro Ricardo Lewandowsky, um dos oito ministros que rejeitaram a Adin, disse em entrevista que "os servidores tinham apenas uma expectativa de direito e não direito adquirido" com a Emenda 20. Apenas os ministros Marco Aurélio Mello, Carlos Brito e Celso de Mello votaram a favor da medida.” ABr

@-Última: tirinha do André Dahmer (Malvados)

Nenhum comentário: