19 setembro 2007

Quarta-feira, Setembro 19

@-A mídia corporativa atingiu o ponto “G” e gozou sofregamente, motivo? Renan foi DERROTADO! Na primeira sessão deliberativa realizada no plenário da Casa depois da eleição secreta, a base aliada foi “derrotada” numa matéria IMPORTANTÍSSIMA: aprovar a indicação de Luiz Antônio Pagot para o cargo de diretor-geral do DNIT. A base aliada precisava de 41 Senadores, mas, apenas 37 estavam no plenário. A mídia corporativa vibra por nada, comporta-se como torcedor, e o pior: o descrédito, aparentemente, consolidou-se nas rotativas e no Fantástico Jornal Nacional.

@-Noticiário burocrata sobre o “tucanoduto” no Jornal Nacional de ontem. E o Aécio, Vênus Platinada? O nome do Governador Aécio Neves consta na lista de Cláudio Mourão, coordenador financeiro da campanha de Azeredo, como possível beneficiário de R$ 110 mil. Bom, vamos aguardar o rebolado da Vênus Platinada quando da confirmação da denúncia por parte do PGR.

@-Frase inequívoca da Sambu: "Na democracia, a maioria decide e a minoria concorda." Senador Renan Calheiros

@-Cresce no PT o nome do Ministro da Educação Fernando Haddad, para disputar a Prefeitura de São Paulo. O Ministro pode vir a ser a grande surpresa no jogo político. A conferir

@-"Eu fui vice-governador do Azeredo, sou amigo dele, tenho relações pessoais, mas não coordenava a campanha naquele ano [tucanoduto]". Ministro das Relações Institucionais, Walfrido dos Mares Guia (PTB-MG).

@-Amaveis leitores. Já repararam na esquisitice da mídia corporativa sobre cargos para a base aliada? Toda vez que o Congresso tem uma matéria relevante para o (País) Governo a grande mídia cria uma manchete, sempre a mesma manchete: “Aliados aproveitam para cobrar cargos”. Esta manchete é sobre a votação da CPMF. Afinal, aliados já não preencheram seus cargos no Governo? Os cargos são itinerantes? A cada votação preenche-se um naquinho de cargo? Põe um pouco no lado “B” grande mídia!

@-Caso a volta do "banqueiro" se confirme: uma CPI do escândalo, Marka/Fonte Cindam, pode ser criada na Câmara, no caso, entrar na fila. Segundo fontes “Samburistica” [nada confiáveis] um grupo ainda pequeno de parlamentares já discute a possível CPI. Volta Cacciola, volta!

@-E por falar no Cacciola. Amáveis leitores, já repararam como a grande mídia trata um sentenciado? “Banqueiro” Cacciola. A Febraban deveria protestar, ou não? Como é doce a grande mídia para certas pessoas, ou melhor, meliantes.

@-“O promotor de Justiça Marcos Antônio da Silva Gonzaga, 43 anos, do Ministério Público da Bahia, recebeu nos últimos cinco anos aproximadamente R$ 556 mil em salários sem trabalhar. Ele foi condenado por estupro e ameaça de morte a uma adolescente quando exercia o cargo no município de Itaberaba, distante cerca de 266 km de Salvador, em 2002.” O Dia

@-Só para constar: “Por 4 votos a 2, o Tribunal Superior Eleitoral manteve ontem o mandato da senadora Rosalba Ciarlini (DEM-RN), na conclusão do julgamento do recurso contra a expedição de seu diploma proposto pelo ex-senador Fernando Bezerra (PTB), que foi por ela derrotado, nas eleições do ano passado, por uma margem de apenas 11.131 votos (0,76% do total dos votos válidos).” JB

@-Última: charge do Bira (A Charge Online):

Nenhum comentário: