21 agosto 2007

Terça-feira, Agosto 21

@-Feijoada completa, gordissíma. A mídia corporativa tem a pauta repleta, com direito a tratados sociológicos, éticos e por que não, morais. O Jornal Nacional deu a largada com breve história do “mensalão”, e decretou o resultado final do julgamento do STF. A mídia corporativa consegue o milagre da futurologia, provas são detalhes formais, ou melhor, a mídia inverteu o conceito de formalismo penal como um detalhe insignificante, uma bobagem. A certeza do acatamento do STF e a instauração do processo são acachapantes. Só resta saber: o STF vai de: direito-processual-técnico ou de: opinião-publicada-partidária? A conferir

@-perguntar não ofende: um processo penal aberto apenas com indícios (boa parte) na instância superior da Justiça é correto? Um processo penal na instância superior da Justiça deve servir de palco para produção de provas? Um processo penal na instância superior da Justiça sofrerá interferências da mídia corporativa com matérias “denúncia”? Um processo penal aberto na instância superior da Justiça pode ocorrer sem o aparato técnico-judiciário necessário para o bom andamento dos trabalhos? Não estaria na hora do STF dizer um basta, e pleitear com força a criação de um Tribunal especifico (Última Instância) para privilegiados do tal foro, ou então acabar com o foro privilegiado? A oportunidade esta posta. A conferir

@-Penúltima:

@-Não tem jeito. O Jornal Nacional só consegue ultrapassar a barreira dos 45 pontos quando uma catástrofe acontece no Brasil, seja política, econômica ou física, fora disto fica abaixo dos 40 pontos. A preferência “matériosa” do JN recai sempre na famosa “a culpa é do governo”. O JN entrou na frase popular: “se correr o bicho pega e se ficar...O declínio do jornalismo global reside justamente nos picos de audiência invariavelmente sensacionalista, distorcido e com um perfume [o cheiro salta a telinha] político eleitoral indelével. O que fazer? Que tal jornalismo puro, informativo e simples. Como disse a Platinada ontem, moral e bons costumes não passam (grande parcela) pelo povão, mas passa com louvor nos informados, nos diplomados! Uma pesquisa acadêmica de pouquíssima abrangência virou fato consumado, virou matéria professoral pela Platinada! O jornalismo na Globo perdeu o rumo o prumo e não pode “elitizar”.

@-Frase tranqüila da Sambu: "Essa é uma crise eminentemente americana. É uma crise do setor imobiliário americano, ou seja, de alguns fundos que compraram títulos pensando em ganhar muito dinheiro. O dado concreto é o seguinte: o Brasil não está com medo dessa crise. Nós temos a preocupação natural de um país emergente, como qualquer país emergente desse mundo. Agora, é importante saber o seguinte: nós temos US$ 160 bilhões de reservas". Presidente Lula

@-São Paulo: A guerra entre PSDB-Serra e PSDB-Geraldo esta deflagrada faz tempo, ontem a lenha na fogueira foi posta pelos Democratas: a cúpula do DEM mandou um recado para o Governador José Serra, o recado transmite a liberdade para o “Presidente” Serra escolher o Vice em 2010, esse Vice pode ser de qualquer partido, o DEM não ficaria magoado, a contrapartida mínima para esta atitude altaneira seria o Presidente-Governador trabalhar para o atual Prefeito de São Paulo reeleger-se, mas e a pedra no caminho chamada Geraldo e Afins? “O tempo voa o tempo passa e o PSDB continua o mesmo”. Inacreditável!

@-Tirinha de Jornal: “O ministro da Agricultura, Reinhold Stephanes, acompanhará amanhã o presidente Luiz Inácio Lula da Silva na inauguração da usina de biodiesel do Grupo Bertin, em Lins (SP). A usina tem capacidade de produzir 110 milhões de litros de biodiesel por ano, ou 14% da mistura de 2% do biodiesel ao óleo diesel, chamada B2, obrigatória a partir de 2008. O Grupo Bertin utilizará como matéria-prima de produção do combustível o sebo bovino de seus frigoríficos e ainda metanol de petróleo, no processo de transformação chamado rota metílica. Os investimentos na usina chegam a R$ 40 milhões, R$ 14 milhões financiados pelo Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES).” AE

@-Frase cidadã da Sambu: Não aceito a morte civil que querem me impor, nem o pré-julgamento que a mídia já fez. Sou inocente e vou provar". José Dirceu

@-Última: tirinha do André Dahmer (Malvados)

Nenhum comentário: