31 julho 2007

Segunda-feira, Julho 30

@-A oposição estava esbaforida e contente com a futura CPI das ONGs, mas a Controladoria Geral da União (CGU) fez uma devassa nas contas da ONG Alfabetização Solidária, criada por Ruth Cardoso e encontrou sérios desvios de recursos, o trabalho investigativo da Controladoria segue a pleno vapor e a oposição de esbaforida e contente ficou apreensiva e cautelosa sobre o assunto: ONGs, ou melhor, o terceiro setor do Príncipe da Sociologia.

@-Última Enquete: Pan-americano: você acha que o Brasil tem condições de ultrapassar Cuba no quadro de medalhas? Sim: 46,73% /// Não: 13,08% /// E o Canadá?: 5,61% /// Um inédito terceiro lugar já estaria de bom tamanho: 34,58%.

@-Batendo cabeças. O ministério público Estadual esta investigando o acidente aéreo, mas o ministério público Federal também faz o mesmo. Resumo da ópera: ninguém pode ser processado pelo mesmo crime duas vezes. Resultado do resumo da ópera: este imbróglio pode ir parar no Superior Tribunal de Justiça (STJ), retardando o processo.

@-Parte da mídia corporativa mentiu de forma descarada. Um ancora desta rádio CBN teve o disparate ao anunciar para incautos ouvintes, ontem: “passeata em homenagem às vítimas do vôo 3054”, até ai tudo bem. A mentira deslavada da CBN: “a passeata reuniu cerca de 6 mil pessoas”. O número de participantes não chegou a dois mil! A mídia corporativa entra de corpo e alma no jornalismo mentiroso, um crime, um opróbrio a profissão. Segundo a PM, cerca de oitocentos manifestantes, a CBM ignorou a PM Paulista. O jornal O Globo destacou quinhentas pessoas no seu saite, a informação foi passada pela PM, mas no jornal imprenso foi de seis mil! Agência Estado chutou dois mil no saite, mas o jornal impresso denotou a passeata em milhares. Não importa o número para este blogueiro, mas a mentira jornalística, errar uma estimativa dentro da lógica, tudo bem, coloque 800 manifestantes contados pela PM multiplique por dois e arredonde para cima: dois mil manifestantes, apesar do erro para cima, é factível e aceitável! A mídia corporativa não errou, mentiu de forma escandalosa e omitiu dados da PM com uma explicação pra lá de esdrúxula: na concentração tinha seis mil, mas na passeata o número caiu dramaticamente! Durma-se com uma bestialidade desta.

@-Ainda sobre a tirinha de cima: a PM de São Paulo mentiu para o Jornal O Globo? Mentiu para a Agência Estado, mentiu para o Último Segundo? A Folha de São Paulo arreganhou na politicagem: “Cerca de 6.500 pessoas, segundo a Polícia Militar”, destacou a Folha Online! A foto de capa da Folha de São Paulo pega o fim da passeata em curva, para dar a impressão de multidão, de continuidade, uma técnica fotográfica do tempo da onça, afilou-se a “multidão” numa avenida mais estreita e na curva “continua”! A que ponto chegou à mídia corporativa.

@-Politizaram a tragédia. Erro grave e crasso da oposição. A solidificação de uma grande fatia do eleitorado em favor de Lula começa a tomar corpo. A transferência de votos fica facilitada e Lula passa a ser o maior cabo eleitoral da história deste País.

@-Frase tranqüila da Sambu: “O resultado não é por acaso [PAN]. O esporte tem tido investimentos sistemáticos. Entre 2003 e 2006, houve uma evolução muito significativa de investimentos, de atração de técnicos estrangeiros, de realização de eventos. Tudo isso vai repercutindo na preparação dos atletas. Aposto que no próximo Pan seremos ainda melhores, e aposto que na próxima Olimpíada seremos melhores que na competição anterior”. Ministro dos Esportes, Orlando Silva Júnior

@-Perguntar não ofende: porque o Presidente Lula não conseguiu ligar o ligar o transponder do Legacy e por as manetes do Airbus na posição certa? Pelo visto a mídia corporativa já tenha a resposta.

@-A esquerda avança na América Latina. “O ex-bispo de San Pedro e opositor ao governo, Fernando Lugo, venceria as eleições presidenciais do Paraguai segundo uma pesquisa publicada hoje no jornal ABC Color. Lugo recebeu 57,6% das preferências entre os eleitores, seguido pelo ex-general golpista Lino Oviedo, atualmente na prisão, com 27,2%; e Pedro Fadul, do Partido Pátria Querida com 11,5%.” Ansa Latina

@-Tirinha de jornal: “Mesmo com o fim dos Jogos Pan-Americanos, que terminaram ontem, e a saída de 3,6 mil integrantes da Força Nacional de Segurança (FNS) -ao todo seis mil vieram para o estado-, o Rio ainda contará com 2,4 mil homens da tropa no policiamento ostensivo. No Complexo do Alemão, os 150 agentes continuam no cerco às favelas. Há policiais também nas divisas entre os estados do sudeste. A FNS ficará no Rio até dezembro, mas o número do efetivo ainda não foi definido. O secretário de Segurança Pública, José Mariano Beltrame, vai pedir que permaneçam dois mil homens do grupo de elite e mil da Polícia Rodoviária Federal (PRF) que reforçou a segurança do Pan.” O Dia

@-Última: tirinha do André Dahmer (Malvados)

Nenhum comentário: